_________CLIQUE NA IMAGEM E CONFIRA NOSSO CATÁLOGO_________

segunda-feira, 3 de janeiro de 2022

BREJO VIVE O PIOR MOMENTO DA SAÚDE EM SUA HISTÓRIA – EX-CANDIDATA DO PALANQUE DE ASFORA DESABAFA


 O município do Brejo da Madre de Deus, Agreste Central de Pernambuco, vive um dos piores momentos de sua história, quando o assunto é saúde pública. Se 2021 foi um ano de bastante reclamações, o início desde ano está sendo ainda pior, já que uma avalanche denúncias tem circulado nas redes sociais, seja sobre a falta de atendimento na Policlínica de São Domingos ou no Hospital Municipal Dr. José Carlos de Santana.

 Para se ter uma ideia, além da constante ausência de médicos, ambulâncias e medicamentos, o aparelho de Raio-X passou vários meses quebrado, sendo a população obrigada a recorrer a outras cidades em busca do serviço. A falta de controle já fez com que, a Policlínica tivesse sua direção mudada por pelo menos cinco vezes, a mais recente agora em 2022, quando Elba foi substituída por Vanusa.

 Logo na madrugada do dia 1º de janeiro, uma família acionou o blogueiro Sidney Lima para denunciar que, um enfermeiro da Policlínica de São Domingos havia aplicado medicamentos antes da consulta com o médico, que até as 02 horas, não havia aparecido.

 Imagens internas da unidade de saúde evidenciam problemas de encanação, infiltração e outros, foram expostas nas redes sociais. No Hospital Municipal Dr. José Carlos de Santana, inaugurado em 2020, a situação não é diferente, pacientes tem sido tratados de forma traumatizante e buscar por uma saúde que apenas existiu nos discursos políticos na eleição de 2022. Assista:

 Enquanto o governo investe em um marketing tentando desgastar a imagem dos seus adversários, a população tem padecido, sem nenhuma iniciativa para que o problema seja resolvido de fato.


 Para quem acha que apenas quem faz oposição ao governo, está insatisfeito com a situação, se engana, a professora Eleine Girassol que foi candidata ao cargo de vereador no palanque de Roberto Asfora, não aguentou tamanho descaso com a saúde de São Domingos e durante transmissão da sessão ordinária da Câmara de Vereadores desabafou:

 “A saúde em São Domingos está péssima em 366 dias de novo começo, só temos apenas um termômetro funcionando perfeitamente pra verificar a temperatura dos pacientes durante essa virose... Na Policlínica o ferrugem tá dando na canela nas macas, camas e em outros equipamentos de ferro...”, desabafou.

 Outro problema que o município enfrente, é com o fechamento da UPA-24H sem qualquer comunicado, no entanto, depois de muita repercussão e esclarecimentos desencontrados, a Secretaria de Saúde informou que seria para uma reforma, mais quase 5 meses se passaram e até o momento, não se ver nenhuma mudança significativa no prédio que ainda está fechado.

Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário: