_________CLIQUE NA IMAGEM E CONFIRA NOSSO CATÁLOGO_________

______________CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS____________

domingo, 4 de julho de 2021

SDS LANÇA PROGRAMA PARA COMBATER COMÉRCIO ILEGAL, ROUBOS E FURTOS DE BICICLETAS NO ESTADO

 A Secretaria de Defesa Social (SDS) lança o programa Alerta Bike, uma nova ferramenta tecnológica para combater o comércio ilegal, furtos e roubos de bicicletas. A iniciativa permite que cidadãos cadastrem informações sobre suas bicicletas, que poderão ser recuperadas por meio dos dados registrados no sistema.

 O funcionamento é simples: basta que o proprietário entre no site www.alerta.sds.pe.gov.br e cadastre login e senha. Na sequência, a ferramenta pedirá os dados da bicicleta como: marca, modelo, tipo, aro, cor e chassi. Essa numeração pode ser encontrada, por exemplo, abaixo da caixa do movimento central, próximo à gancheira e do cubo da roda traseira, perto da braçadeira do selim, e/ou na parte frontal do quadro da bicicleta. Caso a pessoa seja furtada ou roubada, ela entra no site e clica no botão de alerta. O usuário também pode incluir uma foto ao lado do bem.

 “Atualmente, o Recife possui 150 km de malha cicloviária, entre ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas, o que representa um aumento de mais de 500% desde 2013, quando havia 24 km de malha cicloviária. Essa expansão estimulou o maior uso dessa forma de locomoção, seja a passeio ou a trabalho, na busca por maior qualidade de vida. E os criminosos perceberam nesse cenário uma oportunidade. O Alerta Bike, um projeto inovador de Pernambuco, foi desenvolvido para atacar o comércio ilegal, seja produto de crime ou sem procedência legal. Paralelamente, intensificaremos operações, como a Tentáculos, cujo foco é investigar ferros-velhos e locais que possam atuar no desmanche e revenda de equipamentos oriundos de roubo ou furto”, afirmou Humberto Freire, secretário de Defesa Social de Pernambuco.

 “Para esse programa dar certo, há dois fatores decisivos: cadastrar sua bicicleta, ampliando nossa base de dados, e jamais adquirir produtos sem nota fiscal ou origem desconhecida”, alerta.

 Esse conjunto de informações ficará disponível na plataforma de consulta dos policiais. Em uma averiguação, o policial irá checar se a bicicleta é roubada e, quando for o caso, fará a prisão do criminoso e o resgate do veículo. Importante ressaltar que, caso o boletim de ocorrência não seja realizado até 48 horas após o registro no site, automaticamente o sistema retira o sinal de alerta. De 2017 a 2020, houve um aumento de 19% nos roubos e furtos de bicicletas. Nos primeiros cinco meses deste ano de 2021, são 1.295 boletins de ocorrência indicando roubos e furtos de bicicletas. O Alerta Bike funcionará no mesmo formato do Alerta Celular, e os mesmos login e senha funcionam para os dois programas. O Alerta Celular foi lançado em 2017, tem mais de 500 mil aparelhos cadastrados e já recuperou mais de 35 mil celulares.

Do: Blog Agreste Notícia Fonte: Assessoria

Nenhum comentário: