_________CLIQUE NA IMAGEM E CONFIRA NOSSO CATÁLOGO_________

______________CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS____________

quinta-feira, 1 de julho de 2021

“EU APENAS NÃO VOU ME RESPONSABILIZAR POR UMA COISA QUE NÃO TEM COMO EU ME RESPONSABILIZAR”, DIZ ASFORA SOBRE SUMIÇO DE VACINAS

 O prefeito do Brejo da Madre de Deus, Roberto Asfora (PL), confessou em entrevista concedida a Rádio Comunidade FM, que tomou conhecimento do sumiço de duas ampolas de vacinas AstraZeneca desde o dia 15 desse mês, mas o caso tornou-se público apenas nesta quarta-feira (30), após divulgação de matéria do Blog Agreste Notícia.

 “Quando chegou ao meu conhecimento, eu pedi ao secretário de Administração que abrisse um inquérito administrativo e ao mesmo tempo chamei a nossa procuradora Dra. Fernanda, pedi a ela que comunicasse através de ofício [...] no dia 15 desse mês. Então, todas as providências que poderiam serem tomadas no âmbito administrativo e municipal, eu tomei imediatamente!”, garantiu.

 Para Asfora, cabe a Polícia Federal apurar, e segundo ele, o inquérito administrativo está sendo trabalhado e que os funcionários suspeitos de desviar as vacinas estão sendo afastados de seus cargos até que o inquérito seja finalizado.

 Roberto ainda informou em sua participação, que as vacinas foram suprimidas no Distrito São Domingos e que existem outros indícios que reforçam a prática do crime.

 “Existem outros indícios como print’s de telefone, de conversas, que isso não sou eu quem vou julgar, quem vai julgar, como eu lhe disse, é a Polícia Federal, pois isso já está no órgão competente que é ela”, destacou completando: “Eu apenas não vou me responsabilizar por uma coisa que não tem como eu me responsabilizar. Eu acho que a apuração tem que partir mesmo, policial, e na esfera federal é a Polícia Federal. Agora é aguardar o desfecho disso”.

 A Prefeitura também divulgou nota falando sobre o desvio dos imunizantes que dariam para vacinar pelo menos dez pessoas. Na oportunidade é informado que o fato se deu no dia 1º de junho. Confira:

Nota - O Governo Municipal de Brejo da Madre de Deus através da Secretaria Municipal de Saúde vem esclarecer o fato ocorrido no mutirão de vacinação contra à COVID-19 no dia 01/06/2021.

 Segundo foi repassado ao Poder Público, duas ampolas do imunizante que combate à Covid-19 teriam sido desviadas. Logo que foi informada do ocorrido a administração tratou de abrir um inquérito administrativo e as pessoas envolvidas já foram afastadas das suas funções até que tudo seja apurado.

 Todas as medidas legais junto a Polícia Federal e órgãos responsáveis já foram tomadas.

 A Prefeitura ainda afirma que a Secretária de Saúde, Anne Gabrielle, não foi citada na denúncia apresentada e que não existe nada que abale a sua conduta.

 O Governo Municipal sempre pautou como pontos fundamentais da administração a transparência, seriedade, compromisso e respeito, diante do ocorrido lamentamos profundamente e reforçamos que as medidas já foram tomadas e que aguardaremos o resultado das investigações.

Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário: