_________CLIQUE NA IMAGEM E CONFIRA NOSSO CATÁLOGO_________

quinta-feira, 14 de abril de 2022

ELEMENTO QUE MATOU PASTOR EVANGÉLICO EM SANTA CRUZ POR MOTIVO DE CIÚMES, TEM PENA AUMENTADA EM SEGUNDO JULGAMENTO

 O acusado de assassinar por motivos de ciúmes, o pastor evangélico Rodildo Antônio de Lima, de 33 anos de idade, em Santa Cruz do Capibaribe, Agreste Setentrional de Pernambuco, foi submetido a júri popular no Fórum da Capital da Moda pela segunda vez.

 Claudecida Silva Pereira, vulgo “Cacau”, de 54 anos, efetuou um disparo de espingarda cal. 12 contra a vítima no dia 17 de julho de 2017 (clique AQUI e relembre), no entanto, o Pastor Rosildo chegou a ser socorrido e faleceu no dia 23 daquele mesmo mês, no HRA – Hospital Regional do Agreste – em Caruaru. Clique AQUI e relembre.

 O assassino foi preso em Agosto de 2017 na cidade de Sumé no estado da Paraíba por força de um mandado de prisão preventiva (clique AQUI e relembre) e submetido a júri popular em Agosto de 2019, quando foi condenado a 10 anos de reclusão. Clique AQUI e relembre.

 Na época, o Conselho de Sentença formado por sete cidadãos, sendo cinco do sexo masculino e duas mulheres, acatou a tese da defesa, de que o imputado havia matado o Pastor relevante ao valor moral, em faceta de uma suposta traição de sua ex-mulher (que estava separada há um ano) com a vítima.

 O promotor de Justiça, Dr. Iron Miranda, recorreu da decisão ao Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) para haver novo júri, já que, segundo ele, não havia nenhuma prova nos autos indicando a tese apresentada pela defesa e acatada pelo Conselho de Sentença.

 Com o julgamento anulado pelo TJPE, o réu foi novamente submetido a júri popular e desta vez condenado a 14 anos e 6 meses de reclusão em regime inicial fechado.

Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário: