_________CLIQUE NA IMAGEM E CONFIRA NOSSO CATÁLOGO_________

______________CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS____________

sábado, 21 de novembro de 2020

POLÍCIA CIVIL INVESTIGA POSSÍVEL CASO DE VENDA DE CRIANÇA EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

 A Polícia Civil e o Conselho Tutelar de Santa Cruz do Capibaribe, Agreste Setentrional de Pernambuco, receberam denúncias dando conta que, uma mulher teria vendido o próprio filho de apenas 2 anos de idade.

 O repórter Randerson Mardoquel entrevistou ao vivo através da FanPage do Blog Agreste Notícia o conselheiro tutelar Marivaldo Andrade que informou que a denúncia ainda dava conta que a venda da criança teria sido realizada a pessoas que não residiam na cidade.

 “No período em que estou no Conselho Tutelar, eu nunca tinha vista uma situação dessa, de venda de crianças, mas são fatos como esses e outros que acontecem naturalmente nas situações do Conselho Tutelar que precisamos do apoio da população para nos ajudar e esses casos não voltem a acontecer”, enfatizou.

Assista a entrevista:

 A ocorrência foi registrada no bairro Santo Agostinho na Capital da Moda. A mãe da criança foi apresentada na Delegacia de Polícia de Santa Cruz do Capibaribe aonde foram adotadas as medidas consideradas cabíveis.

 Em entrevista concedida ao Blog, o comissário Marcelo Malhas informou que a genitora informou que o filho estava com um casal desconhecido de uma cidade na Paraíba.

 “Nós estamos investigando ser realmente houve a troca de valores por essa criança. A ocorrência foi apresentada aqui ao delegado seccional Dr. Flaubert que já determinou a abertura de inquérito policial para averiguação de tudo que aconteceu”, explicou o policial civil.

Assista a entrevista:

 A mãe da criança não confessa ter recebido pela entrega do seu filho, no entanto, informações dão conta que, ela teria o interesse de doar o menino.

Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário: