_________CLIQUE NA IMAGEM E CONFIRA NOSSO CATÁLOGO_________

______________CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS____________

domingo, 5 de setembro de 2021

HILÁRIO CONSIDERA QUE FRACIONAMENTO DO GRUPO NAÇÃO AZUL CULMINOU COM DERROTA, MAS ACREDITA EM UNIÃO PARA 2024

 O ex-prefeito do Brejo da Madre de Deus, Agreste Central de Pernambuco, Hilário Paulo (PSD), em entrevista concedida na rádio Polo FM, na última quinta-feira (02), falou sobre os resultados das eleições 2020 e considerou que um dos motivos de não ter conseguido sucesso em sua reeleição, foi a fragmentação do grupo denominado Nação Azul.

 “Eu acredito que quando nosso grupo foi fracionado, tivemos mais de uma candidatura, principalmente a candidatura de Josevaldo, até porquê, as pessoas que votaram em Josevaldo, automaticamente se Josevaldo estivesse conosco, eles teriam votado com a gente e teríamos ganhado as eleições. Então, eu acho que as duas candidaturas prejudicou bastante o nosso grupo político... Então, a diferença política, quando fracionou o nosso grupo político, que não era pra gente ter fracionado, e a gente teve essa derrota e se Josevaldo tivesse vindo conosco, talvez a gente teria ganhado até com uma diferença maior de votos, por conta daqueles que correm pra onde a mare tá mais favorável”, enfatizou o Socialista Democrático.

 Ao ser questionado se a demora no anúncio de apoio do ex-prefeito e na época secretário Municipal de Saúde, Dr. Edson de Sousa, bem como, as especulações de uma suposta ruptura do mesmo para lançar o seu assessor especial Frailan Mota (PCdoB) ao cargo de prefeito, havia também atrapalhado, Hilário foi enfático:

 “Eu acho que a gente ficou fragmentado com a perda de Bolão, com a candidatura de Rubinho, com a candidatura de Josevaldo, justamente porquê, não estava havendo a harmonia necessária para que o grupo tivesse um planejamento de chegar fortalecido nas eleições”.

 Por fim, o ex-prefeito Hilário disse que cada uma das lideranças estão refletindo os erros e que todos sentiram com o resultado da eleição. Ele ainda creditar que o grupo estará novamente unido na eleição de 2024.

 “Todos que passaram por esse processo, cada um sentiu de sua maneira, tá sendo repensado por cada um, está sendo conversado e logicamente que não é a mesma intensidade, pois cada um tá cuidando de sua vida, cada um precisa trabalhar, muitas vezes até fora do município do Brejo da Madre de Deus, mas está sendo conversado e acredito que na próxima eleição, não na de deputado, pois o Brejo da Madre de Deus em eleições de deputado sempre foi fracionado, sempre foram vários grupos, sempre foram vários deputados, isso por sermos um grupo plural, democrático, a gente passa por esse processo ha cada quatro anos... Mas acredito que na eleição de 2024, é muito provável que haja desta vez a união de todos, cada um vai rever aonde errou para que o grupo possa convergir, para que o grupo tenha uma união, para que realmente tenhamos o grupo coeso”, finalizou o assunto.

 Na eleição de 2020, os candidatos de origem ‘boca-preta’ alcançaram 12.502 votos, sendo 10.588 do ex-prefeito Hilário e 1914 do ex-vice-prefeito Josevaldo Lopes (Republicano). Já o atual prefeito Roberto Asfora (PL), venceu a eleição com 11.905 votos e cumpre seu quarto mandato.

Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário: