_________CLIQUE NA IMAGEM E CONFIRA NOSSO CATÁLOGO_________

______________CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS____________

terça-feira, 6 de abril de 2021

“TEM QUE PARAR ESSA SITUAÇÃO EM BREJO, DE PERSEGUIÇÃO”, DISPARA VEREADOR COIÓ

 O governo do prefeito Roberto Asfora (PL) tem sido apontado em diversas denúncias, inclusive no Ministério Público de Pernambuco, e reclamações, como o mais perseguidor da história do Brejo da Madre de Deus, Agreste Central de Pernambuco.

 Em pouco mais de três meses de gestão, vídeos de cidadãos vítimas de perseguição política repercutiram nas redes sociais e na última reunião ordinária da Câmara Municipal de Vereadores, o assunto foi pauta do vereador Leandro da Silva (DEM), o conhecido Coió, que enfatizou:

 “Uma coisa bonita que escutei aqui no dia da posse, é que não iria mais haver perseguições, que palavra tão bonita, mas só escutei naquele dia, pois na prática vereador Jobson Barros, nós tira por um primo que a gente tem, Romário, você conhece bem, faz o TFD, ele e Josimário, Mazé, tanto outros que estão sofrendo Dr. Jan, tiraram o rapaz ninguém sabe porque Jeane. Até agora eles estão atrás de explicações, estão aí em frente à Prefeitura, cheguei lá esses dias eles estavam sentados, uns profissionais que não estão ali de favor não, eles estão ali porque estudaram e fizeram concurso público”.

 Para Coió, as perseguições têm que ser cessadas e o respeito deve ser colocado em prática.

  “Tem que parar essa situação em Brejo de perseguição, nós já tivemos aquela menina do açougue, se não fosse o Ministério Público tinha saído de lá. Isso é uma falta de respeito minha gente, vamos respeitar um menino que não fez política, me diga um aqui, que dizia que eles faziam política? Então vamos respeitar, eles fizeram concurso público seu presidente, para trabalhar por nossa população”, explicou.

 Segundo o parlamentar, a situação é triste e não dá mais para aguentar tanta perseguição. Ele fez um apelo ao prefeito e ao secretário de Saúde.

“Vamos desmanchar os palanques, que foi o que foi dito com aquelas palavras bonitas aqui, pois se não fizer isso, sabe quantas vezes o Brejo vai para frente? Nenhuma! Vamos agir todo mundo em conjunto pelo bem coletivo, pelo Brejo e vamos esperar que isso se resolva e pedir aí ao nobre prefeito, ao secretário de Saúde, que reveja essa situação que é triste e ninguém aguenta não”, desabafou.

 Recentemente um vídeo de uma professora, proprietária de uma escola particular do Distrito Fazenda Nova comoveu a população. Confira:

Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário: