_________CLIQUE NA IMAGEM E CONFIRA NOSSO CATÁLOGO_________

______________CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS____________

sábado, 7 de novembro de 2020

MPE AJUÍZA AÇÃO PEDINDO MULTA EM DESFAVOR DE DIDA, JOSELITO E COLIGAÇÃO POR REALIZAÇÃO DE EVENTO PRESENCIAL

 O Ministério Público Eleitoral através do promotor Lúcio Carlos Malta Cabral decidiu ajuizar representação eleitoral com pedido de execução provisória de decisão liminar em desfavor do atual vice-prefeito e candidato a prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Dida de Nan (PSDB); do candidato a vice-prefeito Joselito Pedro (PSDB) e da Coligação ‘Gente que Trabalha’ em razão da realização de evento presencial com aglomeração de mais de 20 pessoas na última quarta-feira (04), onde foram apresentadas várias adesões, entre elas, a do vereador e candidato à reeleição Ernesto Maia (PCdoB), descumprindo, de acordo com o MPE, a determinação do TRE-PE – Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco – que proíbe atos de campanha que provoque aglomerações de pessoas, em virtude da pandemia do Covid-19.

 “Além da aglomeração irregular, também é perceptível a inobservância das medidas sanitárias recomendadas pelo órgãos de saúde, haja vista que nenhum dos presentes no evento fazia uso de máscara ou de álcool em gel, bem como a todo instante havia contato físico entre eles, a exemplo de abraços e apertos de mão”, destaca o Dr. Lúcio em parte da representação.

 Por fim, o Promotor de Eleitoral requereu a aplicação de multa no valor de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) a cada um dos candidatos majoritários e a coligação ‘Gente que Trabalha’.

Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário: