_________CLIQUE NA IMAGEM E CONFIRA NOSSO CATÁLOGO_________

______________CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS____________

quarta-feira, 4 de novembro de 2020

CANDIDATO A PREFEITO DO BREJO É EXCLUÍDO DE DEBATE ORGANIZADO PELO SINDIBREJO

 Uma polêmica relacionado em torno do debate que está sendo organizado pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais da Administração Direta de Brejo da Madre de Deus (SINDIBREJO) ganha força nas redes sociais, isso porquê, muitos internautas questionam a imparcialidade do evento que deve acontecer na próxima sexta-feira (06) com os candidatos a prefeito.

 Tal questionamento gira em torno da exclusão do candidato do PSOL, Maciel do Nascimento, que não foi convidado para o evento. Sabe-se que, em debates realizados por emissoras de rádio e televisão é necessário que os candidatos estejam disputando em partidos que tenham representatividade na Câmara dos Deputados, no entanto, o Sindicado poderia ter convidado os cinco postulantes ao cargo de prefeito.

 “Recebi com muita surpresa e tristeza a notícia que não poderia participar deste debate tão importante do SINDIBREJO, onde o jurídico criou regras absurdas e excludente, onde nunca em nossa história houve coisa deste tipo, neste mesmo sentido muitos servidores públicos estão repudiando está decisão e principalmente, o povo que estão sendo prejudicados, bastar ver nas redes sócias o apoio para que eu participe e mostre minhas ideias para o povo tirar suas dúvidas em quem votar no dia 15. Entrarei com um pedido formal para participar deste debate e acredito que serei inserido neste debate, pois estou pronto para debater a qualquer hora com qualquer um. Não ficarei parado vendo meu direito ser desrespeitado por uma decisão errônea e equivocada”, desabafou o candidato Maciel.

 A reportagem entrou em contato com a presidente do SINDIBREJO, Águida Wilma, que argumentou que o candidato não foi convidado pelo fato de não ter representantes em seu partido ou coligação na Câmara de Vereadores, critério este que seria uma exigência estabelecida pelo próprio Sindicato.

 Ao ser questionada pelo Blog, se o referido critério foi aplicado em debates realizados nas eleições anteriores, ela apenas informou que não sabia informar e nesse momento a ligação foi interrompida, apesar de termos na mesma hora realizado outra ligações para tentar obter mais informações, não fomos atendidos.

 Em uma pesquisa sobre o debate realizado pelo SINDIBREJO em 2016, chegamos à conclusão que, representatividade na Câmara Municipal não foi uma exigência, já que naquela oportunidade o então candidato Eliano Bagaceira que também era filiado ao PSOL e não contava com nenhum representante na casa legislativa municipal, foi convidado e participou do evento.

 Outro fator que tem chamado atenção, é que, um dos organizadores no debate, é o advogado Dr. Ytagibe Silva, responsável por diversas críticas ao gestão do prefeito Hilário Paulo (PSD) nas redes sociais, inclusive, uma delas bastante polêmica, quando duvidou que o gestor tivesse sido contaminado pelo Covid-19.

Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário: