_________CLIQUE NA IMAGEM E CONFIRA NOSSO CATÁLOGO_________

______________CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS____________

domingo, 23 de agosto de 2020

“ESTAMOS ATENTOS”, GARANTE PROMOTOR DE JUSTIÇA DR. HUGO EUGÊNIO SOBRE AS ELEIÇÕES DESTE ANO


 Em um ano eleitoral atípico, o representante do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) em Taquaritinga do Norte, promotor de Justiça, Dr. Hugo Eugênio, falou ao Cidade em Foco da Rede Agreste de Rádios sobre a atuação do MPPE no município e os preparativos para as eleições deste ano.
 “Juntamos agora um ano de eleições a um ano de pandemia do coronavírus. São muitas dificuldades e é preciso ter bastante atenção”, disse ele completando: “Estamos aí já próximo das convenções que começam em trinta e um de agosto e vão até dezesseis de setembro. Há toda uma expectativa de todo mundo para tudo que antecede esse pleito. A Justiça Eleitoral, Silvino no Cartório Eleitoral, os partidos políticos se preparando para as convenções e futuras eleições em quinze de novembro, se Deus quiser”.
 De acordo com o Dr. Hugo, por conta da pandemia e com a prorrogação do calendário eleitoral, as ações neste pleito estão sendo uma novidade para todos.
 “É um palco de muita controvérsia, de muita confusão. Infelizmente, muita discussão, a gente espera superar esse momento aqui em Taquaritinga e na região”, declarou.
 Com a presença da internet e o uso das redes sociais, o representante do MPPE revelou que está atento e tem buscado dialogar direto com os pré-candidatos, com os partidários e a população em geral.
 “Respeitando a igualdade, o eleitor vai poder escolher o que acha que é melhor para sua cidade”, enfatizou.
 Sobre o uso de carros de som, passeatas e a maneira de como a campanha política vai acontecer este ano, ainda não está definida.  “Tudo depende também do Covid. Pode haver ainda novidades”, justificou.
 Sobre recursos enviados aos municípios para o combate a pandemia do novo coronavírus, o Dr. Hugo Eugênio destacou que a população pode fazer essa fiscalização.
 “O primeiro instrumento que nós fizemos em Taquaritinga foi exigir, como é o termo da Lei, o Portal da Transparência, sempre estamos acompanhando e isso é bom porque a população mesmo pode conferir. É o dinheiro de todos, não tem que ser gasto nem menos, nem mais do que é o necessário, então esses são os dois critérios que nós temos como representantes do Ministério Público, tem que ser gasto o justo e necessário”, completou.
Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário: