quinta-feira, 18 de junho de 2020

EDSON VIEIRA FAZ LIVE COM BALANÇO SEMANAL NO ENFRENTAMENTO À COVID-19 EM SANTA CRUZ


 Em mais uma live semanal, o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe Edson Vieira fez um breve histórico sobre o balanço semanal de enfrentamento ao novo coronavírus no município. Nesta semana, participaram a secretária de Saúde Pollyane Siqueira e o psicólogo Raí Ramos.
 O prefeito revelou que tem 10 pacientes do município em atendimentos em unidades de saúde de Caruaru, Cabo de Santo Agostinho e Recife. Edson Vieira ressaltou que o aumento dos números de casos confirmados está acontecendo devido uma maior quantidade de testes, que ocasiona no aumento desses dados.
 A secretária de Saúde, Pollyane Siqueira, falou sobre o aumento nos números de testagens e destacou a importância de a população seguir com os protocolos de higienização.
 “Estamos vivendo um período muito delicado e é importante seguir as recomendações do uso de máscaras e da higienização das mãos com álcool em gel ou água e sabão. Ter o monitoramento dos leitos de UTI também fazem parte disso para que possamos saber quais medidas podemos adotar para a volta das nossas vidas normais”, frisou Pollyane Siqueira.
 O psicólogo Raí Ramos trouxe para a pauta a questão da saúde mental da população, diante de um período conturbado que envolve várias crises e uma alteração constante do psicológico e reforçou a importância da população entrar em contato com o Plantão Psicológico Online e o NAP (Núcleo de Apoio Psicológico dos servidores públicos).
 “Criamos estratégicas de enfrentamento neste período de pandemia, onde a população e os servidores públicos podem entrar em contato conosco para relatar seu cotidiano e conversar com uma pessoa que não vá fazer julgamentos. Estamos à disposição de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h”, falou.
 Por fim, o prefeito Edson Vieira voltou a falar do esforço que a prefeitura tem feito para adotar medidas neste período.
 “Buscamos formas que tentem dirimir os prejuízos em todas as classes, seja nos estudantes que estão sem aula, nos comerciantes que ainda estão sem poder trabalhar, principalmente na feira e no Calçadão. Eu fico triste porque vejo algumas pessoas que só sabem discutir política e não estão preocupados com a vida e a saúde da população. Não é isso que fazemos e nem propagamos essas atitudes”, concluiu o prefeito.
Do: Blog Agreste Notícia Fonte: Assessoria

Nenhum comentário: