segunda-feira, 2 de abril de 2018

FILHA DE PEDRO CORREIA DEVE DISPUTAR CARGO DE DEPUTADO ESTADUAL EM PERNAMBUCO

 A ex-deputada federal pelo estado de São Paulo, Aline Corrêa – filha do também ex-deputado federal Pedro Corrêa preso por envolvimento no esquema que ficou conhecido como ‘Mensalão’ e cumpre pena atualmente após ter sido enquadrado na operação ‘Lava Jato’, pretende disputar o cargo de deputado estadual na eleição de outubro que se aproxima em Pernambuco, isso é o que se comenta nos bastidores da política em Brejo da Madre de Deus, Agreste Central do Estado, onde ela deve dividir votos com Alessandra Vieira (que possivelmente contará com o apoio do prefeito Hilário); com Waldemar Borges (que conta com o apoio do ex-prefeito e secretário de Saúde, Dr. Edson de Sousa); com Diogo Moraes (que conta com o apoio de um dos grupos de oposição, liderado pelo empresário Rubinho Nunes); com o ex-prefeito Roberto Asfora (líder do grupo Jacará [oposição] que se coloca como pré-candidato) e também com o candidato que tradicionalmente é apresentado pelo PT, bem como pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais.
 Aline na eleição de 2006 obteve 11.132 votos e foi eleita por ter sido beneficiada pela expressiva votação do ex-prefeito de São Paulo e ex-deputado federal Paulo Maluf que cumpre pena domiciliar também por envolvimento em esquemas de corrupção.
 Em 2010 Aline Corrêa conseguiu ampliar consideravelmente seus votos e foi reeleita para a Câmara Federal com quase 80 mil votos, mas em 2014, preferiu não concorrer mais a eleição, devido a grande repercussão da prisão de seu pai Pedro Corrêa e em 2017 foi indiciada pela Polícia Federal na operação Lava Jato.
 Não se sabe ainda a sustentabilidade da possível candidatura da herdeira de Padro Corrêa, mas caso se confirme, deve esquentar ainda mais o cenário político na cidade brejense.
Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário: