CLIQUE NA IMAGEM PARA JOGAR

CLIQUE NA IMAGEM PARA JOGAR

terça-feira, 2 de janeiro de 2024

MANOBRA DEVE ATRASAR PROJETO QUE AUTORIZA CONCURSO PÚBLICO EM BREJO DA MADRE DE DEUS

 Na 1ª reunião ordinária do 1º período da Câmara Municipal de Vereadores do Brejo da Madre de Deus, Agreste Central de Pernambuco, o vereador Marcelo de Dondon (PL), que integra a bancada que dá sustentabilidade ao governo do prefeito Roberto Asfora (PL), pediu vista do projeto de lei complementar 003/2023 de autoria do poder executivo, que dispõe para a realização do concurso para criação cargos públicos no município.

 “Eu peço vista nesse projeto diante da situação que se encontra todos os municípios, o impacto financeiro que vai gerar esse concurso e preocupação também com o IPRESB (Instituto de Previdência dos Servidores Municipais do Brejo da Madre de Deus), hoje a gente tem uma dívida monstruosa do IPRESB e o gestor anterior, infelizmente, tenho que tocar no nome dele, fez esse ato de deixar autorizado para ser feito esse concurso, sem saber a situação financeira do nosso município”, justificou.

 O Ministério Público de Pernambuco através do promotor Dr. Antônio Rolemberg vinha há algum tempo cobrando a realização do certame que faz com que, a Prefeitura diminua de forma considerável o número de contratados, atendendo assim, dois princípios da administração público, o da isonomia e da economicidade.

 Apesar do pedido de vista ser constitucional, para a oposição em Brejo da Madre de Deus, a solicitação feita por um vereador aliado do prefeito Roberto Asfora, deixa nítido que trata-se de uma manobra para postergar mais ainda a realização do certame e que provavelmente, o grupo que governa a cidade, deve se utilizar de todos os dispositivos para adiar o máximo possível a realização do tão sonhado concurso público.

Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário: