CLIQUE NA IMAGEM PARA JOGAR

CLIQUE NA IMAGEM PARA JOGAR

CLIQUE NA IMAGEM PARA JOGAR

CLIQUE NA IMAGEM PARA JOGAR

sábado, 12 de fevereiro de 2022

MUNICÍPIOS PERNAMBUCANOS QUEREM PAGAR NOVO SALÁRIO INICIAL AOS PROFISSIONAIS DO MAGISTÉRIO

 Prefeitos e prefeitas de Pernambuco, em assembleia realizada na quinta-feira (10/02), pela Associação Municipalista de Pernambuco (AMUPE), reafirmaram a importância dos professores para a qualidade da educação básica e se comprometeram em adotar a remuneração inicial no valor de R$ 3.845,63 aos profissionais do magistério.

 Os gestores municipais discutiram os meios de como viabilizar o pagamento do montante. Portanto, foram aprovadas as seguintes recomendações aos municípios:

Adotar a remuneração inicial no valor de R$ 3.845,63 ao profissional do magistério;

Instalar mesas de negociação, com transparência, para possível adequação do Plano de Cargos e Carreira – PCC, caso considere necessário;

Considerando a autonomia municipal, o prefeito(a) do município que dispuser de todas as condições legais e financeiras, poderá adotar os percentuais que julgar adequado no tocante aos reajustes de remuneração.

 O presidente da AMUPE, José Patriota, comandou a assembleia ao lado das diretoras e diretores da Associação. Segundo ele, “cabe a AMUPE realizar esse processo de diálogo entre os prefeitos e respeitar a autonomia de cada Município, tendo em vista a desigual situação financeira e o enquadramento legal de cada cidade”, concluiu. 

Cenário epidemiológico - A Assembleia também contou com a participação, de forma virtual, do secretário estadual de Saúde, André Longo. Longo afirmou que o estado ainda enfrenta uma aceleração da variante ômicron e que a secretaria levantou que 4 de 5 pacientes internados com Covid-19 no estado não têm seus esquemas vacinais completos. Sobre a vacinação, o secretário afirmou a importância da intensificação nas doses de reforço e nos públicos novos, as crianças, que impactam diretamente no cenário de volta às aulas. Além disso, o secretário pediu a colaboração dos gestores municipais para evitar a realização de festas e eventos durante o período do carnaval.

Do: Blog Agreste Notícia Fonte: Assessoria

Nenhum comentário: