_________CLIQUE NA IMAGEM E CONFIRA NOSSO CATÁLOGO_________

_________CLIQUE NA IMAGEM E CONFIRA NOSSO CATÁLOGO_________

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2022

GESTÃO PÚBLICA DO BREJO DA MADRE DE DEUS ATROPELA DECRETO ASSINADO PELO PREFEITO MAIS UMA VEZ

 Com números alarmantes de Covid-19, o município do Brejo da Madre de Deus, Agreste Central de Pernambuco, tem sofrido dificuldades em controlar a disseminação do vírus e por sua vez, o Governo Municipal demonstra incapacidade e que perdeu o controle da situação, tendo em vista que, o decreto assinado pelo próprio prefeito Roberto Asfora (PL) no dia 28 de janeiro passado, com vigência até 15 de fevereiro, além de virar piada nas redes sociais, tem sido rasgado pela própria gestão pública.

 No decreto municipal nº 05, é encontrado vários erros, nele é informado que as medidas visa combater além do Covid-19, a influenza H2N3, quando na verdade a gripe é denominada H3N2. Mas o que chamou mais atenção no documento que viralizou nas redes sociais, é o fato do prefeito determinar que as pessoas que permanecerem nas praias do município, sigam todos os protocolos estabelecidos, no entanto, o Brejo da Madre de Deus não tem praias.

 O decreto bastante rígido ainda determina toque de recolher em algumas horas do dia, uso obrigatório de máscara e distanciamento social mínimo de dois metros, mas ao contrário disso, nesta quarta-feira (09), o Blog Agreste Notícia teve acesso a um vídeo gravado por estudantes submetidos ao transporte escolar lotado.

Assista o vídeo:

 Contrariando o decreto, ressentimento um evento reuniu mais de 5 mil pessoas na Rua Luiz Cecílio de Santana (Rua da Frente) em São Domingos com a presença, inclusive, do vice-prefeito Rubieno Catanha (PL).

 No Distrito Fazenda Nova, o subprefeito Branco de Poroca fez o anúncio que estava com o Covid-19 em um dia, no outro, foi flagrado por populares trabalhando e confessou o episódio em participação na Rádio Nova FM, justificando que estaria colocando álcool nos objetos que tocava para não contaminar os seus companheiros de trabalho.

 As ações de combate ao novo coronavírus nos dias atuais, fica muito longe da efetividade do que se era visto no passado, enquanto isso, o município cuja a própria gestão atropela o decreto assinado pelo prefeito, segue em crescente aumento de casos do Covid-19.

Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário: