_________CLIQUE NA IMAGEM E CONFIRA NOSSO CATÁLOGO_________

terça-feira, 25 de janeiro de 2022

PREFEITO DE PETROLINA E PRÉ-CANDIDATO A GOVERNADOR, MIGUEL COELHO, TESTA POSITIVO PARA COVID-19

 O prefeito de Petrolina e pré-candidato a governador de Pernambuco, Miguel Coelho (DEM), foi diagnosticado ontem (segunda-feira) com Covid-19. De acordo com a assessoria de comunicação da prefeitura, o resultado positivo veio após testagem de rotina feita pelo gestor.

 Ainda de acordo com a assessoria, Miguel Coelho não tem sintomas da doença, mas ficará em isolamento até receber liberação dos médicos. Nas redes sociais, o prefeito destacou a importância da vacinação.

 “Estou bem, não tenho sintomas da doença e, graças a Deus e à Ciência, isso se deve à vacinação”.

 A nota da assessoria de comunicação ainda informa que “o prefeito de Petrolina continuará trabalhando com reuniões e despachos virtuais durante o período de afastamento das atividades externas”.

 Por falar em Miguel Coelho, a administração dele em Petrolina, segundo a pesquisa divulgada hoje pela Folha de Pernambuco em parceria com IPESPE – Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas, tem 88% de aprovação.

 Ainda de acordo com o levantamento, o prefeito possui altos patamares de aprovação em todos extratos sociais analisados. Entre gêneros, o maior percentual de aprovação é de 91%, entre pessoas do gênero masculino.

 No feminino, o patamar é de 85%. Nas faixas etárias, a aprovação também é ampla, com destaque para as pessoas entre 25 e 44 anos, entre as quais Miguel é aprovado por 91%. Observando o grau de instrução dos entrevistados, o prefeito possui 91% de aprovação entre pessoas que estudaram até o ensino médio e 88% entre os que cursaram o ensino superior. Já levando em conta a renda familiar, Miguel é aprovado por 94% das pessoas que têm renda familiar de dois a cinco salários mínimos por mês, e por 92% das que têm renda mensal superior a cinco salários mínimos.

 O percentual de desaprovação do prefeito é de apenas 9%. Outros 3% dos entrevistados não responderam ou não souberam opinar.

Metodologia da pesquisa - A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo PE-05753/2022 e no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo BR-05162/2022. A pesquisa foi realizada entre os dias 21 e 22 de janeiro. Foi extraída aleatoriamente a amostra de 500 entrevistados, representativa do eleitorado de Petrolina. Foram definidas cotas de sexo, idade e localidade e controle de instrução. Foram realizadas por entrevistas pessoais, nas quais é aplicado um questionário estruturado. A margem de erro é de 4,5 pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 95,45%.

Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário: