_________CLIQUE NA IMAGEM E CONFIRA NOSSO CATÁLOGO_________

______________CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS____________

sexta-feira, 8 de janeiro de 2021

FÁBIO ARAGÃO RENUNCIA PRESIDÊNCIA DO CONIAPE E EDSON VIEIRA SE PRONUNCIA SOBRE O ASSUNTO

 O prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Fábio Aragão (PP), renunciou à presidência do CONIAPE – Consórcio Público Intermunicipal do Agreste Pernambucano e Fronteiras – que antes era administrado pelo ex-prefeito Edson Vieira (PSDB) e através de nota justificou sua decisão, principalmente pelo fato do estatuto não permitir a substituição do quadro de funcionários e segundo ele, só permitir a realização dos pagamentos.

 Além de renunciar o posto de presidente do CONIAPE, Fábio Aragão informou a retirada do município do consórcio. Confira nota na integra:

Venho comunicar e esclarecer os fatos que levam a nossa renúncia da presidência interina do Consórcio Público Intermunicipal do Agreste Pernambucano e Fronteiras (CONIAPE), bem como, a retirada do município de Santa Cruz do Capibaribe do referido consórcio.

 A administração do CONIAPE nos informou que ficaríamos à frente do consórcio interinamente. Diante disto, até que se fizesse as novas eleições, não poderíamos realizar trocas de pessoal e gerir o consórcio de fato. O estatuto só nos permitiria realizar pagamentos e com isto, não nos sentimos confortáveis em ordenar despesas de uma equipe que não conhecemos e que não foi formada por nós. Paralelo a isto, também decidimos retirar o município de Santa Cruz do Capibaribe do CONIAPE.

 O município investe um valor de R$ 7 mil mensalmente para participar do consórcio e tem pouco retorno para a cidade. O único serviço prestado é manutenção da iluminação pública, oferecido de maneira deficitária e que não atende às expectativas da população.

 Atento a isto, estamos visando a economia para os cofres públicos de Santa Cruz do Capibaribe e a busca por serviços de qualidade, que possam trazer bem-estar para a população. Reiteramos também, que estamos à disposição dos municípios consorciados para dialogarmos e sermos parceiros em prol do desenvolvimento e bem comum da nossa região.

Fábio Aragão

Prefeito de Santa Cruz do Capibaribe - PE

 O ex-prefeito Edson Vieira também enviou nota se pronunciando sobre o assunto e desmentiu a informação que o presidente mesmo de forma interina, não poderia alterar o quadro de funcionários e considerou que o atual gestor de Santa Cruz do Capibaribe usou de motivos políticos em sua decisão. Confira nota na integra:

 O Consórcio Público Intermunicipal do Agreste Pernambucano e Fronteiras (CONIAPE) foi criado no intuito de fortalecer os municípios, com 22 cidades é consolidado em Pernambuco, tendo seu trabalho reconhecido por órgãos reguladores como o Tribunal de Contas do Estado por exemplo. O consórcio é apartidário e superavitário, na última prestação de contas foi apresentado um caixa de mais de 1 milhão de reais. O CONIAPE é focado nas políticas públicas voltadas para a economicidade e eficiência nas gestões. Hoje o consórcio é referência em organização.

 Foi com muita estranheza que recebi através de publicação nas redes sociais da prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, que o prefeito Fábio Aragão apresentou sua renúncia da presidência interina, bem como a retirada do município do consórcio, indo de encontro ao estatuto do órgão, a informação que o mesmo não poderia modificar a equipe é inverídica, pois como presidente interino ele poderia sim deliberar, ele preferiu usar política e utilizou essa informação equivocada como uma desculpa para justificar a sua atitude.

 Como último presidente, saliento que o CONIAPE é formado por uma equipe técnica profissional e experiente. Na cidade de Santa Cruz do Capibaribe, além dos serviços de manutenção de iluminação pública, foi realizado o concurso público, aquisição de testes para COVID-19, seleções para ACS e ACE, mutirões de saúde, capacitações de gestores, inscrição nas atividades do plano diretor, além dos projetos de concessão de PPP no setor de saneamento básico, modalidade Resíduos Sólidos Urbanos (Programa da Caixa Econômica Federal), que tem como objetivo promover a gestão sustentável de lixo urbano.

 Percebo que a saída do prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, se trata de uma atitude política, feita de forma abrupta, sem planejamento, sem pensar no município, sem respeito e sem qualquer tipo de diálogo com os demais municípios consorciados. Lamento a decisão do gestor e espero que ele desarme o seu palanque, a política deve ser pautada no bem comum das pessoas e não em cores partidárias.

Edson Vieira

Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário: