quarta-feira, 28 de outubro de 2020

CANDIDATO DIÓGENES GOUVEIA DEFENDE CRIAÇÃO DE ESPAÇOS PARA JOVENS E ARMAMENTO DA POPULAÇÃO

 O policial militar e candidato a vereador de Santa Cruz do Capibaribe, Diógenes Gouveia (PSD), foi entrevistado pelo jornalista Sidney Lima na edição de ontem (terça-feira), do programa 30 Minutos de Prosa transmitido através da FanPage do Blog Agreste Notícia.

 No início da entrevista, o Cabo Gouveia fez uma breve apresentação e explicou como chegou a Capital da Moda aonde construiu sua família e de seu ingresso na política.

 “Sou natural de Recife, minha infância foi vivida em São Lourenço da Mata, no bairro de Penedo, comunidade pobre. Em 2006 fiz o concurso para Polícia Militar e fui selecionado na colocação 1096 e fui chamado para Polícia Militar de Pernambuco, desde 2009, quando a gente conseguiu concluir o curso de formação de soldados e hoje atualmente sou cabo. Assim que entrei na Polícia, eu fui transferido para trabalhar aqui em Santa Cruz do Capibaribe, daquele momento então, nem sabia que existia, eu cheguei aqui, conheci minha esposa natural de Santa Cruz do Capibaribe, filha de Eliane Soares e Antônio Soares, nos casamos, temos uma família e moramos aqui na Rua Tomé de Souza, no bairro Nova Santa Cruz”, disse completando: “Nesses 11 anos em Santa Cruz do Capibaribe, conheci a realidade de uma cultura bem diferente no tocante à política e mediante algumas situações, percebi que a gente precisava ter pessoas que têm um compromisso realmente com a população, para representá-las. Ao observar algumas situações de vereadores e o quadro político de Santa Cruz do Capibaribe e a gente viu necessidade de entrar lá para tentar fazer a diferença de imagem, eu com 11 anos na Polícia Militar, temos uma história aqui em Santa Cruz do Capibaribe, nessa história que a população pode até pesquisar no seu blog, vai ver várias ocorrências minhas realizadas aqui dentro de Santa Cruz do Capibaribe como policial militar”.

 Diógenes Gouveia confessou que, embora não tivesse envolvimento político partidário, votou no atual prefeito Edson Vieira (PSDB) por duas oportunidade, mas considera que hoje, o melhor para a cidade, seja a candidatura de Allan Carneiro (PSD).

 “Sempre fui imparcial, porém votei em dois anos consecutivos, duas eleições consecutivas, no prefeito Edson Vieira, porém eu analiso muito e vejo realmente o que é melhor para nossa cidade, então mediante essas críticas, essa visão do que é melhor para Santa Cruz do Capibaribe, eu percebi que Allan seria a melhor opção para nossa cidade, esta é uma escolha minha através dos projetos, através do quê Alan passou para mim, que é uma confiança, é uma pessoa que tem os mesmos propósitos que eu tenho, de fazer um trabalho honesto, sem tocar no que é do povo, uma pessoa que tem princípios, como eu, de valorização de uma família, uma pessoa que tem o comprometimento de fazer o quê está prometendo e eu estar lá para cobrar dele”, enfatizou.

 Mesmo defendendo o projeto do Socialista Democrático, o candidato a vereador fez questão de demonstrar sua independência e pontuou que, tentará contribuir com um eventual governo de Allan, porém, deixou claro que não compactuará com nada de errado.

 “Não sou como advogado de Alan, como muitos candidatos atuais a vereador fazem com seus preferidos, eu tô aqui, falando isso, realmente é o que é Alan, digo mais, se Alan vai fazer um negócio errado, eu vou ser o primeiro a bater o pé e dizer que não, por que eu e todo o nosso partido não devemos um ao outro, nem a partido nenhum. Eu votei em Edson Vieira por que a minha família, que a família da minha esposa, que era daqui de Santa Cruz, me mostrou e naquele momento na minha visão, ele era o melhor para Santa Cruz do Capibaribe, porém, hoje eu não vejo mais dessa forma, hoje eu tenho uma visão crítica, como eu estou lhe falando, é o que observo, os pontos e Santa Cruz poderia ter avançado muito mais”, avaliou.

 Gouveia ainda destacou as atribuições de um vereador e disse que a população deve acompanha atuação de casa parlamentar:

 “O cidadão, ele precisa saber qual é a função de um vereador dentro da política, então é interessante que você, quando o vereador chegar em sua casa, você saber se ele realmente tá falando uma coisa que ele pode falar, para você ou está simplesmente criando uma mentira para entrar lá, a gente tem que ir em busca de conhecimento, pois é importante para o crescimento da nossa cidade, administrar uma cidade não quer dizer simplesmente que uma pessoa seja boa, simpática ou popular, administrar uma cidade está relacionado a você tomar decisões, então é importante que a população esteja por dentro dos assuntos políticos”.

 Confiante, o candidato a vereador destacou de forma positiva a campanha que tem realizado na cidade de Santa Cruz do Capibaribe.

 “Quando a campanha é feita honestamente, os eleitores, eles vem de graça, infelizmente nós sabemos que a cultura política do nosso país é traçada por políticos que compram os eleitores, que se vendem, mas eu acredito muito que aqui em Santa Cruz do Capibaribe, pela campanha que nós estamos fazendo, pelas visitas nas residências que estamos fazendo, pelo alerta que nós estamos dando a população, eu acredito que Alan Carneiro será o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe e eu estarei ao lado dele, para dar o melhor da gente, para Santa Cruz do Capibaribe com honestidade e responsabilidade”.

 Defendendo projetos relacionados à segurança pública e criação de espaços para jovens, Diógenes falou:

 “Temos um comprometimento como eu falei, você desse diálogo direto, vamos investir com ideias de projetos na segurança pública, eu que trabalho, sei das dificuldades, a segurança pública que tem em Santa Cruz do Capibaribe, muitas vezes é levada ao simples pensamento de um aumento de policiamento e não é só isso, infelizmente o jovem santa-cruzense não tem opções de ocupação, então essa desocupação leva a muitos jovens a se envolverem com coisas erradas”, disse emendando: “Os meninos que empinam moto, esse assunto é muito sério, é uma prática que já acumula mais de mil pessoas, então a gente tem jovens que não têm esse espaço, então, eles correm para as ruas e no Código de Trânsito Brasileiro diz que é um crime de trânsito equilibrar sobre uma roda em via pública, por esses jovens não ter esse espaço, eles vão passar para rua, vai cometer um crime, vai estragar a vida dele, pelo simples fato de fazer o que ele gosta, a gente criar um projeto de lei para, essa prática dentro de um espaço, seja um esporte de imagem que vai atrair os jovens para a sociedade, esses jovens vão se sentir valorizado”.

 Para ele, é necessário “valorizar os nossos jovens, a gente tem que incluir na sociedade, que ele se sinta valorizado, para quando uma pessoa chegar e oferecer droga, ele dizer ‘eu não quero porque eu sou um cidadão’. Não é simplesmente a liberação de espaço, a gente está lutando para transformar isso em um esporte, assim como aqui em Santa Cruz não temos um investimento esportivo para o jovem, não ir para o caminho errado”, explicou.

 Defendendo o armamento da população com critérios de capacidade psicológico e técnico, o candidato disse que o Estado não consegue garantir a segurança da população de forma eficiente.

 “O cidadão tem o direito de autodefesa, porém, desde que eles passem por teste psicológico e também de treinamento para poder possuir uma arma, porque eu costumo dizer, algumas pessoas que pensam em comprar uma arma aqui, se não tiver coragem de atirar, é melhor não ter, porque senão, você vai morrer com a defesa na mão, mas eu apoio sim, eu acho que todos os cidadãos, todos os seres humanos de todo o mundo, têm o direito de se defender, já que o nosso Estado não garante uma segurança eficiente, todo cidadão de bem que, quer ter uma arma, a gente tem que respeitar. Também quem não quer ter uma arma, vivemos em uma democracia, então tenho que respeitar quem quer e também temos que respeitar as pessoas que preferem viver de uma forma mais comum, que é desarmado. Mas eu sou o totalmente a favor do cidadão de bem possuir uma arma, depois claro de passar por exame psicológico, psicotécnico e prático”, concluiu.

Assista a entrevista:

 Nesta quarta-feira (28), o entrevistado do 30 Minutos de Prosa será o candidato Mattheus Henning (PP). O programa será realizado às 18 horas diretamente da residência do entrevistado e você poderá acompanhar através da FanPage do Blog Agreste Notícia. Para receber notificação no seu perfil no Facebook no momento em que o programar for ao ar, basta clicar AQUI e seguir a nossa página.

Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário: