segunda-feira, 31 de agosto de 2020

POLÍCIA CIVIL DEFLAGRA OPERAÇÃO EM CARUARU PARA COMBATER FALSIFICAÇÃO DE ROUPAS


 A Polícia Civil de Pernambuco desencadeou nesta segunda-feira (31), a Operação de Intervenção Tática denominada Tsunami II. Foram autuadas em flagrante pelo menos três pessoas pela prática de condutas descritas como análogas a crimes contra a marca/patente e concorrência desleal, crimes contra o consumidor e crimes contra as relações de consumo. A operação teve como ambiente operacional o município de Caruaru no Agreste Central do Estado.
 A primeira fase da operação ocorreu no início deste mês nas lojas do camelódromo do bairro de São José, área central do Recife.
 “Abordamos três estabelecimentos e apreendemos mais de 10 mil peças de roupas estimadas em aproximadamente R$ 200 mil. Pensamos que apenas tirando do mercado poderiam reabastecer e a loja estar cheia novamente. Encontramos um local de confecção em Caruaru e o ateliê onde era feita a sublimação”, destacou a delegada Thais Galba - titular da Delegacia de Polícia de Proteção ao Consumidor (DECON) .
 A autoridade policial lembra ainda que comprar produtos falsificados também é crime.
 “O consumidor sabe que está comprando uma roupa falsa e pode ser responsabilizado por receptação culposa”, finalizou.

 Foram apreendidas máquinas utilizadas na confecção e sublimação de bermudas, roupas falsificadas das mais diversas marcas (Seaway, Adidas, Cyclone, Lacoste e Quiksilver, entre outras) avaliadas em aproximadamente R$ 230 mil, 10 mil folhas de sublimação, aproximadamente 30 mil etiquetas das marcas citadas acima, um revólver calibre 38 contendo munições, além de R$ 145.103,00 (cento e quarenta e cinco mil, cento e três reais) em folhas de cheques.
 A Operação Tsunami II é vinculada à Diretoria Integrada Especializada da Polícia Civil (DIRESP) e presidida pela delegada Thais Galba.
Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário: