sexta-feira, 10 de abril de 2020

PREFEITURA DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE INICIA ENTREGA DE 12,6 MIL ‘KITS MERENDA’ AOS ALUNOS DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO


 Na manhã da última quarta-feira, a Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Capibaribe através da Secretaria de Educação, recebeu na Central de Abastecimento, os pacotes de alimentos referentes aos ‘kits merenda’, que serão destinados aos alunos da Rede Municipal de Ensino.
 Ao todo, serão distribuídas cerca de 12.600 kits nas escolas e creches da zona urbana e rural do município. A iniciativa tem como objetivo garantir o acesso dos estudantes à alimentação durante o período de suspensão das aulas por conta da disseminação do Novo Coronavírus.
 A distribuição começou ontem (quinta-feira), na Creche Severino Amaro e Escola Maria Lucina no bairro Oscarzão, a Escola Lucinalva Santos na Palestina, a Escola Intermediária Professora Maria José em Poço Fundo, Escola Vereador Ciriaco Ramos em Cacimba de baixo, Escola Intermediária José Quirino na Vila do Pará, Escola Maria do Socorro no bairro Polis Pacas e a Creche Júlia Oliveira no Santo Agostinho.
 O prefeito Edson Vieira ratificou as medidas que vêm sendo adotadas neste período de isolamento social e ressaltou que tem buscado as melhores decisões em benefício da população.
 “Nossa gestão tem mostrado que tem compromisso e se preocupa com as pessoas neste momento difícil que passa nossa cidade. Busco agir conforme a ação que vá beneficiar os mais carentes e não vamos desamparar ninguém”, pontuou o gestor.
 O secretário de Educação Joselito Pedro ressaltou a logística de distribuição e alertou sobre o cronograma.
 “Estaremos atendendo os pais que devem ir buscar dentro do horário em que seus filhos estudam. Não precisa de aglomeração porque todos os matriculados terão seu kit garantido e, portanto, não haverá motivos para correria. Isso é mais uma ação adotada por nossa Secretaria neste momento de combate ao Covid-19”, pontuou.
 A distribuição será de acordo com o horário de aula dos estudantes e algumas medidas devem ser adotadas como: não levar os filhos, manter distanciamento social de pelo menos um metro entre as pessoas, o uso de máscaras e álcool em gel para higienização das mãos, e se possível cada um deve levar uma caneta para assinar na lista presencial, evitando a utilização de uma caneta por várias pessoas, além de documento com foto do responsável pelo aluno.
Do: Blog Agreste Notícia Fonte: Assessoria

Nenhum comentário: