segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

“ROBERTINHO FALTA COM A VERDADE! SE FAZ NECESSÁRIO QUE ESSES POLÍTICOS RESPEITEM A DIOCESE DE CARUARU”, DISPARA VARÊDA


 A construção de centenas de cisternas na zona rural do município de Brejo da Madre de Deus, Agreste Central de Pernambuco, tem se tornado uma verdadeira novela. O detalhe é que, as obras estão sendo executadas por meio de um convênio firmado com a ASSOCENE – Associação de Orientação as Cooperativas do Nordeste – com recursos oriundos do Governo Federal, por tanto, uma ação da DIOCESE de Caruaru, também no Agreste Central, sem nenhum intermédio político, de acordo com o coordenador Geral da Cáritas Diocesana, Antônio Otávio Barbosa Varêda.
 Apesar da DIOCESE afirmar que não contou com a interferência política, alguns políticos têm tentado se promover com a ação, como foi o caso do empresário e pré-candidato a prefeito Rubinho Nunes (PSB) que atribuiu as cisternas em uma emissora de rádio, aos deputados Diogo Moraes (Estadual) e João Campos (Federal), ambos do PSB.
 A Cáritas Diocesana de Caruaru desmentiu a informação e devido a polêmica, o deputado estadual Diogo Moraes também reafirmou que a informação repassada por Nunes era falsa, considerando a mesma de irresponsáveis e orientando que Rubinho fosse a público se retratar, fato que ainda não aconteceu.
 Mas toda essa novela ganhou mais um capítulo, isso por que, o vereador Robertinho Asfora (PSB) ao conceder entrevista na Rádio Nova FM disse que a conquista seria da prefeitura de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), quando ainda era deputada estadual que destinou as cisternas através de solicitação do seu pai, o ex-prefeito Roberto Asfora (PSC).
 “Roberto Asfora é um político sério, que sempre votou em alguém para proporcionar alguma coisa para o povo do Brejo da Madre de Deus. Foi assim com Raquel Lyra quando trouxe as cisternas, tá o pessoal da Serra da Iria, o pessoal do Pé da Serra colhendo os frutos, foram 500 cisternas entregues”, enfatizou.
 O Vereador vai mais além e expõe uma suposta influência que teria na DIOCESE de Caruaru, ao ponto de indicar ou pedir a demissão de funcionários.
 “Inclusive tá aí, Zé Dercílio que hoje não faz mais parte de nosso grupo, tá empregado hoje na DIOCESE, porque fomos nós que indicamos [...]. Ele é livre para votar em quem quiser, não tem problema, que seja feliz e Deus o abençoe, agora para você ver como a gente é honrado, eu poderia ter ido lá na DIOCESE e ter dito ‘ele não faz mais do nosso grupo, tire!’, mas eu não fiz isso, ele é um homem de bem, tem que sustentar sua família, de maneira alguma eu iria me passar para fazer isso”.
Assista o vídeo:
 A reportagem entrou em contato com o coordenador Geral da Cáritas Diocesana de Caruaru, Otávio Varêda, que reafirmou que a construção das cisternas não tem nenhum amparo político.
 “O projeto não tem nada a ver com Diogo, João Campos ou Raquel, nada com nenhum político, nós construímos cisternas em Caruaru, Santa Cruz, Brejo, Taquaritinga e São Bento do Una, então, isso é inverídico o que o vereador Robertinho tá dizendo. Robertinho falta com a verdade, Raquel Lira não tem nada a ver com isto, se faz necessário que esses políticos respeitem a DIOCESE de Caruaru”.
Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário: