quinta-feira, 13 de junho de 2019

“UMA COISA QUE EU TENHO CERTEZA, É QUE FERNANDO NÃO SERÁ CANDIDATO A PREFEITO”, DUVIDA EDSON VIEIRA


 Em entrevista concedida recentemente ao radialista Alberes Xavier do programa Cidade em Foco, o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), falou sobre a política na Capital da Moda e duvidou da possível candidatura do ex-vereador Fernando Aragão ao cargo de prefeito na eleição do próximo ano.
 “Uma coisa que eu tenho certeza, é que Fernando não será candidato a prefeito, só se ele não se filiar ao PSB, se ele se filiar ao PSB, eu acredito que ele estará fora do jogo de 2020”, garantiu.
 Questionado se temeria disputar novamente com Fernando Aragão, Edson foi enfático:
 “Não, a gente já ganhou pra Fernando, ganhamos para Zé Augusto e não é soberba de ninguém, mas acho que nosso grupo vai apresentar um candidato que terá todas as condições de ganhar as eleições”.
 Na oportunidade, o entrevistado ainda falou, que trabalha pela unidade do grupo denominado ‘boca-preta’ em torno de uma candidatura em Santa Cruz do Capibaribe e que o candidato será do PSDB.
 “Vamos trabalhar pela unidade do grupo, sabendo respeitar as diferenças, mas acima de tudo, que o partido possa tomar uma diretriz, caminhando em sintonia com a nacional...”, explicou.
 Edson ainda garantiu que até a decisão de quem contará com seu apoio nas eleições 2020, o número de vereadores que dão sustentabilidade a seu governo na Câmara Municipal irá aumentar, porém, não citou nomes de quem poderia aderir ao seu grupo político.
 “Com certeza a gente vamos ter um aumento no número de vereadores na nossa bancada até a decisão final do candidato. Eu acredito que nós iremos ter um aumento na nossa bancada de apoio ao governo”, enfatizou o prefeito tucano.
 Por fim, Edson disse que na próxima eleição será comparado os seus 8 anos de governo com os 12 anos do grupo denominado taboquinha, sendo oito de administração do ex-prefeito José Augusto e quatro do ex-prefeito Toinho do Pará.
Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário: