terça-feira, 19 de junho de 2018

RUA JÚLIA ARAGÃO ENCERRA FESTIVAL BIÚ E GOGÓ DE QUADRILHAS DE RUA 2018


 Com aproximadamente 120 pares, o Festival Biú e Gogó de Quadrilhas de Rua 2018 chegou ao seu final na noite da última quinta-feira. O tradicional evento junino de Santa Cruz do Capibaribe foi encerramento na Rua Júlia Aragão, bairro Novo.
 Além da participação popular, o festejo que aquece a cidade para o São João da Moda, contou com a participação de duas equipes de trio de forrozeiros, uma formada por Fogoió dos 8 Baixos e outra por Paulo dos 8 Baixos. Os trios fizeram os primeiros arrasta-pés desde o início do mês junino.
 O prefeito Edson Vieira falou do encerramento do Festival Biú e Gogó.

 “Agradeço a equipe, aos dançarinos e ao público que fez este grande festival, um evento que mantém viva a nossa tradição de quadrilhas de rua e leva alegria a toda cidade. Ao mesmo tempo convido o povo para prestigiar o maior e melhor São João de Santa Cruz do Capibaribe que começou no sábado, uma grande festa com total infraestrutura, como nosso município merece”, relatou o prefeito.

 “Foi realmente fantástico essa edição do Festival Biú e Gogó de Quadrilhas de Rua, passamos pelos principais bairros da cidade, promovemos alegria ao povo de Santa Cruz. Este festival nos leva grande felicidade, porque podemos resgatar o São João de rua de antigamente, que existia em nossa cidade nas décadas de 70 e 80”, contou Alberto Grillo, gestor de Cultura.
 O radialista e forrozeiro Fernando Amaral, falou de sua alegria ao ter seu pai como homenageado do Festival de Quadrilhas de Rua Biú e Gogó.
 “As quadrilhas de ruas de Santa Cruz começaram com Francisco Amaral, por isso acredito que onde ele estiver, estará aplaudindo essa festa e muito feliz por saber que este festival não se acabou com o tempo”, frisou o filho do homenageado.
 “São muito boas essas quadrilhas, sempre participo, nela danço, me divirto, uma festa alegre que faz muito bem a todos que participam”, contou o costureiro Zé Ricardo.  
 As quadrilhas percorreram os principais bairros da cidade durante o mês de junho até a abertura oficial do São João da Moda, contou com uma equipe de músicos, dançarinos de pontas e o marcador Valmir Oliveira. A noite também contou com apresentações dos Bacamarteiros do Ingá, Quadrilha da Sulanca, grupo de dança da Melhor Idade, Oficina de dança do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos e o grupo Vozes da Seca.
Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário: