segunda-feira, 21 de maio de 2018

PERNAMBUCO TEM DESEMPENHO NEGATIVO NO EMPREGO EM ABRIL



 O mês de abril fechou com saldo negativo no emprego formal em Pernambuco. Foram fechadas 270 vagas, resultado de 30.163 admissões e 30.433 desligamentos. A diferença representou uma queda de -0,02% no número de empregos em relação a março. Os dados estão no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) divulgado pelo Ministério do Trabalho na última sexta-feira.
 Apesar disso, dois dos oito setores econômicos no estado tiveram desempenho positivo. Foram os casos dos setores de Serviços, que criou 885 vagas, e dos Serviços Industriais de Utilidade Pública, que abriram 136 novos empregos.
 O salário de admissão em Pernambuco cresceu no último mês. Passou de R$ 1.290,47 em março para R$ 1.326,33 em abril, uma variação de 2,78%.
Desempenho Nacional - No Brasil, o saldo de empregos ficou positivo pelo quarto mês consecutivo. Abril fechou com 115.898 postos de trabalho a mais do que em março, que já havia apresentado números positivos. O resultado foi decorrente de 1.305.225 admissões e 1.189.327 desligamentos. Com isso, 2018 chegou ao final do primeiro quadrimestre com saldo de 336.855 empregos criados.
 O quadro também é otimista se avaliados os últimos 12 meses. Entre maio de 2017 e abril de 2018 houve um crescimento de 283.118 postos de trabalho, um aumento de +0,75%. Os dados também são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados.
 Outro dado apresentado pelo CAGED que reforça o quadro de otimismo para o emprego foi o fato de que os oito setores econômicos apresentaram crescimento. Ou seja, todas as áreas tiveram expansão.
 “Este cenário positivo no emprego é reflexo de todas as medidas que estão sendo tomadas para recuperação da economia no Brasil. Ele nos mostra que estamos no caminho certo”, avalia o ministro do Trabalho, Helton Yomura.
Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário: