domingo, 13 de maio de 2018

DESISTÊNCIA DE JOAQUIM FORTALECE POSSÍVEL ALIANÇA ENTRE PSB E PT EM PERNAMBUCO, ACREDITA ANDRÉ DE PAULA


 O deputado federal e presidente do PSD de Pernambuco, André de Paula, avaliou que a decisão do ex-ministro Joaquim Barbosa (PSB) de não ser candidato a presidente da República fortalece ainda mais a tese de que o PSB e o PT estarão juntos em Pernambuco na próxima eleição. O parlamentar esteve concedendo entrevista ao radialista Alberes Xavier, no programa Cidade em Foco da Rede Agreste de Rádios aonde falou sobre diversos temas.
 Ao comentar o projeto do PSD a nível nacional, o deputado afirmou que é uma questão que ainda será discutida, mas confirmou que o partido estará apoiando o projeto de João Dória ao Governo do Estado de São Paulo.
 “Essa questão ainda não está sendo discutida (...), ainda está longe de ocorrer essa decisão. É importante que a gente lembre que há uma ligação histórica do ministro Gilberto Kassab com o PSDB de São Paulo, e nesse momento o PSD de São Paulo estará ao lado do PSDB apoiando a candidatura de João Dória”, disse.
PSD 2018 - André de Paula avaliou na oportunidade que a prioridade do PSD Nacional deverá ser aumentar sua expressão no Congresso Nacional.
 “Já que nós não temos uma candidatura natural a presidente da república, o nosso objetivo prático deve ser eleger o maior número possível de parlamentares, para que o partido possa ter uma expressão política ainda maior na próxima Legislatura”, afirmou.
PSB e PT - Na oportunidade, ele ainda comentou a confirmação da não candidatura do ex-ministro do STF, Joaquim Barbosa, a presidente da república pelo PSB.
 “Quem conhece o ex-ministro Joaquim Barbosa, sabe que ele é um homem de pavio curto, sabe que ele é uma pessoa de temperamento forte, sabe que esse convívio dentro de um partido político feito de última hora, dificulta muito esse relacionamento. Então eu não diria que foi uma surpresa para mim, diante deste perfil que ele tem”, analisou.
 O deputado acredita que a decisão de Joaquim Barbosa aumenta a possibilidade de o PSB e o PT marcharem juntos na eleição.
 “Eu acho que a saída do ministro Joaquim Barbosa fortalece sim a possibilidade de uma aliança com o PSB e o PT em Pernambuco. Fortalece sim a defesa que faz o senador Humberto Costa no âmbito do PT para essa aliança. Acho que esse novo fato tem clara repercussão na política de Pernambuco”.
Sem veto - André, que tem seu nome lembrado para assumir uma candidatura majoritária no palanque da Frente Popular, afirmou ainda que não veta a entrada do PT no projeto do governador Paulo Câmara (PSB).
 “Eu nem faço política aceitando vetos e nem veto ninguém (...). Se nós entendermos que o espaço do PT é o Senado ou a Vice, em fim, se essa for a construção, a vaga que couber ao PT, cabe ao PT indicar. Dentro da estratégia, esse é um direito que o PT tem”.
AMUPE - O mesmo participou de uma Assembleia Extraordinária organizada pela AMUPE (Associação Municipalista de Pernambuco) que teve como objetivo promover a agenda municipalista que tramita em Brasília, e ratificou seu compromisso com os municípios.
 “Eu sempre fui um parlamentar municipalista, eu iniciei a minha vida pública como vereador no Recife. Eu sei a importância dos municípios, é onde o cidadão vive, onde o cidadão conhece o vereador, o prefeito e é lá que ele tem maior possibilidade de definir as suas prioridades”, defendeu.
Taquaritinga - Ele ainda aproveitou para deixar uma mensagem pela passagem do aniversário de emancipação de Taquaritinga do Norte.
 “Eu quero deixar meu abraço e cumprimentar cada um norte-taquaritinguense. Eu queria de forma especial me dirigir aos meus parceiros, às lideranças políticas, através delas eu trabalho para o município, um grupo muito bom, que tem sido fundamental para que o meu trabalho possa chegar à cidade. Sou grato, sobretudo, ao povo de Taquaritinga do Norte que tem razões de sobra para comemorar este dia com muito orgulho”.
Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário: