terça-feira, 3 de abril de 2018

ALESSANDRA E DIOGO PODEM POLARIZAR ELEIÇÕES EM BREJO DA MADRE DE DEUS

 Muitos aproveitam as comitivas na procissão do padroeiro do Brejo da Madre de Deus para se basear qual cenário será a eleição na cidade brejense, caso isso seja de fato levado em consideração, arriscaríamos a dizer que existe uma chance muito considerável de haver uma polarização muito forte entre as possíveis candidaturas da primeira dama de Santa Cruz do Capibaribe, Alessandra Vieira (PSDB) que possivelmente contará com o apoio do prefeito Hilário Paulo (PSD), e o deputado e primeiro secretário da ALEPE – Assembleia Legislativa de Pernambuco – Diogo Moraes que conta com o apoio de um dos grupos de oposição, o que é liderado Pelo empresário Rubinho Nunes, formado em sua maior parte, por descendentes do grupo denominado “Jacaré” que tem a liderança do ex-prefeito Roberto Asfora (PSC).
Hilário Paulo - A maior comitiva sem sombras de dúvidas foi a do prefeito Hilário Paulo que contava com dezenas de pessoas, além da presença do prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB); do deputado federal Bruno Araújo (PSDB) e da pré-candidata Alessandra Vieira, além de alguns vereadores que dão sustentabilidade ao governo Hilário Paulo na Câmara Municipal.
Rubinho Nunes - A comitiva de Rubinho Nunes que contava com o deputado Diogo Moraes e João Campos (filho do ex-governador Eduardo Campos – morto em um acidente aéreo em 2014) também não deixou a desejar. De maneira orquestrada todos vestiam camisas com a cor branca e participaram de todo o trajeto da procissão.
Roberto Asfora – O ex-prefeito também deu o ar da graça, mas de maneira mais discreta, já não parecia o mesmo ‘Amarelinho de Ouro’ de outrora. Acompanhado de seu filho, vereador Robertinho Asfora (PSB) e poucas lideranças políticas, Asfora como sempre, optou por ficar no final da procissão, com muito pouco visibilidade e evidenciando princípio de falência política.
Dr. Edson de Sousa – No início da procissão, foi percebido um distanciamento das comitivas do prefeito Hilário e do ex-prefeito Dr. Edson que apoia o deputado Waldemar Borges (PSB). Na oportunidade, acompanhados apenas pelo vereador Manoel Bento (Avante) e do secretário Executivo de Saúde, Frailan, o grupo do deputado socialista tomou a frente da procissão, mas em volume menor que a comitiva do prefeito, mas como a situação estava muito visível para aqueles que como eu, assistia de camarote, algum tempo depois, houve a junção dos grupos.
José Augusto – Quem também deu as caras no evento religioso, foi o ex-prefeito de Santa Cruz e ex-deputado federal José Augusto Maia que estava acompanhado do seu filho vereador Augusto Maia (PTN) e também do vereador Carlinhos da Cohab (PTB). Com a menor comitiva, Zé Augusto se enturmou em meio à procissão, de maneira estratégica e dando demonstração que vai buscar os votos brejenses, mesmo em desvantagem, já que não tem apoios expressivos na cidade.
Analise – Com tudo, não existem muitas saídas para o ex-prefeito Roberto Asfora, que ver aos poucos o empresário Rubinho Nunes promovendo uma verdadeira sangria em seu grupo. Para Asfora continuar vivo na política brejense, será preciso sim, ir para o sacrifício e disputar a eleição que se aproxima, mesmo que não tenha êxito em conquistar uma cadeira na ALEPE, mas ganhando para o candidato de Rubinho (Diogo Moraes) ficaria credenciado a continuar na liderança da oposição, mas caso cometa o erro de apresentar outro candidato que não seja ele mesmo, corre um grande risco de ver o nome apoiado por Nunes ter mais votos o que consumaria sua morte política.
Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário: