quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

HOMEM QUE ABRIGOU ELEMENTOS QUE TROCARAM TIROS COM POLICIAL EM SANTA CRUZ SE APRESENTA NA DEPOL

 No início da noite da quarta-feira, se apresentou na Delegacia de Polícia um homem que confessou ter dado abrigo aos elementos que tentaram assaltar os familiares de um Cabo do 24º BPM – Batalhão da Polícia Militar – na Avenida 22 de Abril no bairro Bela Vista em Santa Cruz do Capibaribe durante a tarde de ontem. Clique AQUI erelembre.
 Segundo informações colhidas pela reportagem do Blog Agreste Notícia, dois elementos em uma motocicleta Honda Bros de cor preta, se aproximaram do automóvel que era ocupado pela família do policial e anunciaram o assalto, porém, o Cabo da PM ao perceber a ação criminosa sacou sua arma e se identificou, dando voz de prisão aos elementos, que por sua vez, um deles efetuou vários disparos contra a vítima que foi atingido de raspão nas costas e revidou a injusta agressão também acertando o envolvido que fugiu tomando uma motocicleta Honda Pop-100c em um assalto.
 Ainda de acordo com a Polícia, um segundo assaltante que pilotava a motocicleta tentou sacar uma arma de fogo, mas não conseguiu, sendo também atingido pelos tiros efetuados pelo policial e fugiu com destino ignorado. Esse foi reconhecido pelo Cabo como sendo Jackson da Palestina, considerado de alta periculosidade pelas autoridades policiais.
 Durante a troca de tiros, uma mulher identificada como Roseane Maria da Silva, que estava dentro de casa, foi atingida abaixo do peito do lado esquerdo e foi socorrida para a UPA – Unidade de Pronto Atendimento – de Santa Cruz e depois transferida para o Hospital Regional do Agreste (HRA) de Caruaru, mas não corre risco de morte.
 Guarnições da Polícia Militar realizaram diligências no alto do bairro Palestina também em Santa Cruz e visualizaram elementos com as mesmas características dos envolvidos na ação criminosa, que ao perceberam a presença dos policiais conseguiram fugir pelo matagal.
 No local, o efetivou encontrou roupas que estavam sendo queimadas pelos indivíduos, que segundo o Cabo vítima na tentativa de assalto, eram as mesmas usadas por um dos meliantes envolvido na troca de tiros.
 Pouco tempo depois, populares denunciaram que o Jackson estaria com outro elemento conhecido como “Pica-Pau” praticando mais assaltos na Capital da Moda. Foi feitas mais diligências por parte da Polícia Militar, porém, sem êxito até o fechamento dessa matéria.
 O indivíduo que compareceu na DEPOL confessou que deu abrigo aos indivíduos que trocaram tiros com o policial, para que os mesmos trocassem de roupa, justificando ter dado apoio por medo de ser morto. No depoimento ele ainda confirmou que os dois assaltantes foram baleados e foi liberado após ter sido ouvido pelo delegado de plantão.

Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário: