sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

GALEGO DECLARA APOIO A FERNANDO PARA FEDERAL E ZÉ AUGUSTO DUVIDA DAS CHANCES DE ARAGÃO

 A cena política de Santa Cruz do Capibaribe está vivendo uma semana muito movimentada, com fatos quentes, que acabaram colocando em campos opostos figuras que até então defendiam um mesmo projeto, uma mesma bandeira eleitoral.
 Um dos fatos que mais chamou a atenção foi o lançamento da pré-candidatura de Fernando Aragão a deputado federal, projeto que acabou desencadeando uma briga escancarada entre o ex-prefeito José Augusto Maia e o seu sobrinho, o vereador Ernesto Maia, mentor do projeto Fernando federal, e que, segundo Zé, quer enfraquecê-lo politicamente.
 Na manhã da quinta-feira (25), em entrevista a Polo FM, Zé Augusto Maia disse não acreditar que um projeto que tenha Fernando Aragão como candidato a deputado federal tenha viabilidade eleitoral.
 “Seria preciso 80 mil votos, em média. E, se eu não tenho condições, acho que Fernando também não”, disse ele.
 O ex-prefeito voltou a dizer que não discutirá agora, em 2018, se dará ou não apoio a uma pretensa candidatura de Fernando a prefeito em 2020, pois segundo ele, muitos nomes no partido querem encabeçar a chapa Taboquinha na próxima eleição municipal e a antecipação desta pauta só causaria prejuízos ao partido na eleição do próximo mês de outubro.
 Enquanto isso, o blogueiro Jairo Gomes publicou que o ex-vereador Galego de Mourinha, que mesmo sem exercer mandato eletivo, ainda é visto como um dos líderes e principais nomes do grupo denominado ‘Taboquinha’, declarou que estará ao lado de Ernesto Maia e de Fernando Aragão. Ele fez referência ao lançamento da pré-candidatura de Fernando Aragão à Câmara dos Deputados.
 A declaração de Galego só põe ainda mais lenha na fogueira ‘Taboquinha’, que queima forte, em pleno 2018, mas com labaredas que já aquecem o processo eleitoral de 2020.

Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário: