quarta-feira, 22 de novembro de 2017

LERO PARTICIPA DA MOBILIZAÇÃO NACIONAL DOS MUNICÍPIOS EM BRASÍLIA

 O prefeito de Taquaritinga do Norte, Ivanildo Mestre (Lero), participou nesta quarta-feira (22), da Mobilização Nacional Municipalista em Brasília, como parte da campanha ‘Não Deixem os Municípios Afundarem’, juntamente com demais gestores do país.
 O intuito da mobilização, é abranger formas de corrigir falhas em relação à distribuição de responsabilidades e direitos atribuídos aos entes, que acaba por sufocar as finanças municipais. Segundo o prefeito Lero, os municípios hoje ficam com a maior parte das despesas dos serviços prestados a população, enquanto só ficam com 19% de toda arrecadação.
 “A dívida de precatórios dos municípios brasileiros é enorme, é cerca de R$ 40 milhões, os municípios não tem condições de pagar e tem suas arrecadações sequestradas. Estamos aqui em Brasília, mais de dois mil prefeitos, em busca de apoio financeiro emergencial, para tentar um alívio na crise financeira causada pelas constantes quedas de recursos e aumento da responsabilidade dos municípios em vários serviços. Hoje na divisão tributária, os municípios ficam apenas com 19% do que é arrecadado”, disse Lero.
 As associações municipalistas estaduais como a AMUPE (Associação dos Municípios de Pernambuco) e a CNM (Confederação Nacional dos Municípios) cobram dos parlamentares a tramitação da proposta que aumenta em dois pontos percentuais o FPM (Fundo de Participação dos Municípios). Para Lero a mobilização e a pressão tem que surtir efeito, pois os municípios estão no limite. O Prefeito  participa juntamente com outros gestores deste movimento que está agregando bastante na administração do município, visto que é um momento em que os prefeitos partilham seus problemas e descobrem maneiras de melhorarem suas gestões e seus acessos a recursos.
 Além da participação na mobilização, o prefeito Lero cumprirá uma extensa agenda de reuniões com o objetivo de solicitar apoio e recursos para vários projetos para Taquaritinga do Norte, visando que os deputados federais e senadores possam para 2018 incluir as solicitações nas emendas no Orçamento da União para o próximo ano.
Do: Blog Agreste Notícia Fonte: Assessoria

Nenhum comentário: