quinta-feira, 14 de setembro de 2017

VESTÍGIOS DE RITUAL DE MAGIA NEGRA SÃO ENCONTRADOS ÀS MARGENS DO RIO CAPIBARIBE


 Na manhã desta quinta-feira, 14 de setembro, vestígios de ritual de magia negra foram encontrados às margens do Rio Capibaribe, entre o Distrito São Domingos município do Brejo da Madre de Deus e a Rua Padre Arruda (Rua dos Doidos) em Santa Cruz do Capibaribe.
 De acordo com informações, tudo foi percebido no início da manhã, quando populares passavam pela passagem molhada e perceberam os vestígios, fato que assustou quem passou pelo local.
 Este já é o segundo caso em menos de uma semana, o primeiro foi encontrado no último domingo, 10 de setembro, na Rua Graciliano Arruda no Centro de Santa Cruz do Capibaribe aonde um feto estava entre os vestígios. Clique AQUI e relembre.
Do: Blog Agreste Notícia

4 comentários:

HERM Sta Cruz do Capibaribe disse...

Prezados, que a paz de Jesus possa os envolver hoje e sempre, compreendemos que a falta de escolaridade ou conhecimentos básicos de antropologia não possam ser adquiridos sem o devido esforço, entretanto enquanto guardiões da pureza doutrinaria e do verdadeiro sentido do espiritismo que é dissipar as trevas, e revelar a ciência do Cristo Jesus em seu verdadeiro sentido que viemos por meio dessa solicitar a correção da matéria do termo espirita que não se encaixa no contexto, publicada na rede por intermédio desse meio de comunicação sob o título equivocado de: “VESTÍGIOS DE RITUAL ESPIRITA SÃO ENCONTRADOS ÀS MARGENS DO RIO CAPIBARIBE”. No endereço eletrônico http://www.agrestenoticia.com/2017/09/vestigios-de-ritual-espirita-sao.html.
A palavra espirita e espiritismo foi criada na França em 3 de outubro de 1804 na cidade de Lyon, pelo espirito de verdade conforme transcrição abaixo na introdução de O livro dos Espíritos publicado em
“Para se designarem coisas novas são precisos termos novos. Assim o exige a clareza da linguagem, para evitar a confusão inerente à variedade de sentidos das mesmas palavras. Os vocábulos espiritual, espiritualista, espiritualismo têm acepção bem definida. Dar-lhes outra, para aplicá-los à doutrina dos Espíritos, fora multiplicar as causas já numerosas de anfibologia. Com efeito, o espiritualismo é o oposto do materialismo. Quem quer que acredite haver em si alguma coisa mais do que matéria, é espiritualista. Não se segue daí, porém, que creia na existência dos Espíritos ou em suas comunicações com o mundo visível. Em vez das palavras espiritual, espiritualismo, empregamos, para indicar a crença a que vimos de referir-nos, os termos espírita e espiritismo, cuja forma lembra a origem e o sentido radical e que, por isso mesmo, apresentam a vantagem de ser perfeitamente inteligíveis, deixando ao vocábulo espiritualismo a acepção que lhe é própria. Diremos, pois, que a doutrina espírita ou o Espiritismo tem por princípio as relações do mundo material com os Espíritos ou seres do mundo invisível. Os adeptos do Espiritismo serão os espíritas, ou, se quiserem, os espiritistas.”
Portanto confiando em sapiência dos senhores, entendemos que o senhores chegaram à conclusão que a palavra adequada será espiritualista e não espirita. Aproveitando o ensejo convidamos os senhores a conhecer o trabalho espirita que atendente semanalmente cerca de 700 pacientes no Hospital Espiritual Ricardo de Menezes Situado a Rua Severino Balbino Bezerra, 38 no Dona Dom aos Sábados a partir do 12h(meio dia)
Sem mais Tovar Alexandre

Tovar Alexandre disse...

Prezados, que a paz de Jesus possa os envolver hoje e sempre, compreendemos que a falta de escolaridade ou conhecimentos básicos de antropologia não possam ser adquiridos sem o devido esforço, entretanto enquanto guardiões da pureza doutrinaria e do verdadeiro sentido do espiritismo que é dissipar as trevas, e revelar a ciência do Cristo Jesus em seu verdadeiro sentido que viemos por meio dessa solicitar a correção da matéria do termo espirita que não se encaixa no contexto, publicada na rede por intermédio desse meio de comunicação sob o título equivocado de: “VESTÍGIOS DE RITUAL ESPIRITA SÃO ENCONTRADOS ÀS MARGENS DO RIO CAPIBARIBE”. No endereço eletrônico http://www.agrestenoticia.com/2017/09/vestigios-de-ritual-espirita-sao.html.
A palavra espirita e espiritismo foi criada na França em 3 de outubro de 1804 na cidade de Lyon, pelo espirito de verdade conforme transcrição abaixo na introdução de O livro dos Espíritos publicado em
“Para se designarem coisas novas são precisos termos novos. Assim o exige a clareza da linguagem, para evitar a confusão inerente à variedade de sentidos das mesmas palavras. Os vocábulos espiritual, espiritualista, espiritualismo têm acepção bem definida. Dar-lhes outra, para aplicá-los à doutrina dos Espíritos, fora multiplicar as causas já numerosas de anfibologia. Com efeito, o espiritualismo é o oposto do materialismo. Quem quer que acredite haver em si alguma coisa mais do que matéria, é espiritualista. Não se segue daí, porém, que creia na existência dos Espíritos ou em suas comunicações com o mundo visível. Em vez das palavras espiritual, espiritualismo, empregamos, para indicar a crença a que vimos de referir-nos, os termos espírita e espiritismo, cuja forma lembra a origem e o sentido radical e que, por isso mesmo, apresentam a vantagem de ser perfeitamente inteligíveis, deixando ao vocábulo espiritualismo a acepção que lhe é própria. Diremos, pois, que a doutrina espírita ou o Espiritismo tem por princípio as relações do mundo material com os Espíritos ou seres do mundo invisível. Os adeptos do Espiritismo serão os espíritas, ou, se quiserem, os espiritistas.”
Portanto confiando em sapiência dos senhores, entendemos que o senhores chegaram à conclusão que a palavra adequada será espiritualista e não espirita. Aproveitando o ensejo convidamos os senhores a conhecer o trabalho espirita que atendente semanalmente cerca de 700 pacientes no Hospital Espiritual Ricardo de Menezes Situado a Rua Severino Balbino Bezerra, 38 no Dona Dom aos Sábados a partir do 12h(meio dia)
Sem mais Tovar Alexandre

Dennis Nascimento disse...

Isso não é um ritual espírita, se informe antes de publicar algo em seu blog. Leia sobre o que você pública, é o mínimo que deveria fazer. No Espiritismo não existe ritual, isso é uma oferenda do candomblé ou de religiões umbandistas.

Hallan Mark disse...

Magia negra nada, pesquisem o que cada elemento dessa imagem representa e busquem entender o significado pra não espalharem que isso é magia negra. Quando num ritual os itens usados são maçãs, rosas, morangos etc., não é magia negra, isso é apenas um despacho pra uma Pomba-Gira, que é a guardiã do amor e dos relacionamentos.