sábado, 6 de maio de 2017

TORITAMA PAGA R$ 1,8 MILHÕES SAI DO CAUC E PODERÁ RECEBER RECURSOS FEDERAIS

 Toritama agora poderá receber recursos federais, a nova gestão municipal economizou despesas excessivas, diminuiu o número de cargos comissionados, caçou marajás e pagou dívida de R$ 1.854.000 tirando o município da inadimplência do CAUC – Cadastro Único de Convênios. A informação foi revelada pelo prefeito Edilson Tavares durante entrevista concedida numa rádio comunitária da cidade.
 Até então, a Prefeitura de Toritama estava inabilitada a se conveniar com a União para a contratação de obras e serviços proveniente de emendas parlamentares. De recursos federais Toritama só estava recebendo os repasses do FPM – Fundo de Participação dos Municípios  e as cotas do ICMS, as quais não são afetadas pelo registro de inadimplência no CAUC que o município estava a dois anos.
 Na entrevista, o prefeito de Toritama demonstrou que com os ajustes econômicos feitos também foi possível efetuar o pagamento de R$ 174 mil referente ao terço de férias dos professores da rede municipal, do ano trabalhado de 2016. O novo gestor comemorou a sua estratégia financeira.
 “Custeamos R$ 2 milhões este ano com recursos próprios que eu economizei com o fim dos marajás, dos combustíveis e das diárias abusivas para colocar a prefeitura em dia, e agora vamos para as intervenções urbanas”.
 Dentre as diversas explicações, o prefeito leu uma série de despesas que o município pagou. Ele disse que R$ 400 mil reais foram destinados ao reparo de aproximadamente 650 postes, R$ 200 mil reais para reparar a frota de caminhões, ambulâncias e trator que estavam sucateados, R$ 50 mil com multas de trânsito e R$ 1.800.000 para a compra de medicamentos e materiais hospitalares, duas UBS, reforma de três escolas.
 “Nas minhas economias eu já tenho 700 mil contos para iniciar ainda este ano a escola do Bairro Valentim III. E farei a reforma do posto de saúde da Vila São Benedito”, Disse Edilson.
 A cidade de Toritama também passa por uma operação tapa buraco, seria a maior operação tapa buracos feita na história de Toritama que prevê o reparo de 4.200 metros de calçamento.
 “A população quer saber das intervenções urbanas, estou pagando todo esse valor, mas o cidadão quer ver os buracos tampados, ele quer ver o poste iluminando, o posto de saúde com médico e medicamentos, quer ver o hospital funcionando, quer ver o trânsito resolvido. Mas eu pergunto a população, é possível resolver tudo isso em 100 dias? É óbvio que não”, respondeu Edilson Tavares.
 A organização do trânsito também foi um dos destaques principais da entrevista, o prefeito informou que esta fazendo o levantamento completo para municipalizar o trânsito da cidade, licitar os veículos, os cones, além de fazer o concurso, o treinamento e a capacitação dos agentes de trânsito.
 Os radialistas cobraram mais comunicação e presença dos secretários, diante das críticas o prefeito revelou que a sua equipe esta fazendo um esforço sobre humano e que trabalharam integralmente para alcançar todas as demandas do município e que no inicio do mandato atuaram efetivamente na seleção de pessoas, na organização das folhas de pagamentos, na alimentação dos sistemas e estão enfrentando uma grande demanda de serviços.
 A entrevista encerrou com o prefeito Edilson Tavares destacando principalmente as medidas econômicas que tem tomado em sua gestão. Por fim, ele respondeu as perguntas feitas pelos ouvintes que participaram por telefone.
Do: Blog Agreste Notícia Fonte: Assessoria

Nenhum comentário: