quinta-feira, 18 de maio de 2017

OPERAÇÃO FORÇA NO FOCO IRÁ SE ESTENDER ATÉ O FIM DE SEMANA EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

 O diretor da Polícia Civil no interior do estado de Pernambuco, delegado Dr. Nehemias Falcão, concedeu uma entrevista a imprensa de Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste do Estado, onde falou sobre a operação Força no Foco, que vem sendo desencadeada desde a última terça-feira, 16 de maio, e irá se estender até este fim de semana.
 De acordo com Dr. Nehemias, a Operação Força no Foco já foi realizada em vários municípios de Pernambuco, onde teve resultados significantes, principalmente nas investigações de homicídios e no cumprimento aos mandados de prisão e apreensão.
 “Essa operação denominada Força no Foco é uma ação originaria inicialmente no interior, na cidade de Cupira, e que hoje se estende por todo o Estado, do Litoral ao Sertão, sendo uma operação do Governo do Estado e da Secretaria de Defesa Social, tendo a participação de diversas instituições. Aqui em Santa Cruz temos a ação da Polícia Civil, Polícia Militar, da Operação Lei Seca, do Corpo de Bombeiros Militar e do Instituto de Criminalística. Posso dizer a vocês que é uma operação exitosa, uma vez que por onde passou conseguimos uma taxa de resolução elevada”, explicou.
 Segundo o Delegado, operações de abordagens já foram realizadas na Capital das Confecções, como também uma série de ações como fechamento de bares em situação irregular, aplicação da Lei Seca e adiantamento de investigações relativas a 24 homicídios cometidos na cidade.
 “A Operação Força no Foco tem o propósito, por parte da Polícia Civil, de investigar todos os homicídios que aconteceram em 2017, também visa realizar abordagens, cumprir mandados de busca e apreensão, além de mandados de prisão. Estamos trabalhando de forma integrada. Por meio do Corpo de Bombeiros Militar interditar e até mesmo fechar aqueles estabelecimentos como bares e similares que estão em desacordo com as normas técnicas. A operação Lei Seca tem como objetivo o combate as pessoas que estão dirigindo sobre efeito de bebida alcoólica. Aqui em Santa Cruz do Capibaribe estamos instruindo vinte e quatro inquéritos policiais de homicídios que aconteceram neste ano, onde esperamos uma taxa de resolução elevada, uma vez que estamos utilizando oito equipes compostas por delegados, agentes e escrivães”, falou.
Ouça a entrevista: 

Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário: