sexta-feira, 28 de abril de 2017

EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE, TRABALHADORES FAZEM ATO CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA

 Centenas de pessoas participaram de uma manifestação no município de Santa Cruz do Capibaribe, Agreste de Pernambuco, na manhã desta sexta-feira, 28 de abril, contra a Reforma da Previdência e dos Trabalhadores.
 Os trabalhadores protestam contra a Reforma Previdenciária, que prevê que a idade mínima para se aposentar será 65 anos, e o tempo de contribuição terá que ser igual ou superior a 25 anos. Já para quem quiser possuir benefício integral, o tempo de contribuição terá que ser de 49 anos. As férias de 30 dias, bem como a carga horária de oito horas de trabalho diária e 44 semanais poderão sofrer mudanças. Outro fator é a terceirização dos serviços prestados, conforme projeto e lei 4302, aprovado na Câmara Federal.
 Em contato com nossa reportagem, professor Francisco Borges (Chiquinho) falou que as referidas reformas significam um retrocesso.
 “Estamos aqui para fazer um grande ato e mostrar que nós trabalhadores estamos descontentes com tudo o que está sendo colocado”, pontuou.
 Com faixas, cartazes e carro de som, os manifestantes caminharam pelas ruas do Centro de Santa Cruz e gritaram palavras de ordem contra o presidente Michel Temer (PMDB).
Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário: