segunda-feira, 20 de março de 2017

110 MIL PESSOAS PRESTIGIAM INAUGURAÇÃO POPULAR DA INTEGRAÇÃO DO SÃO FRANCISCO AO LADO DE LULA EM MONTEIRO/PB

 O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi recebido, no domingo, 19 de março, em Monteiro, no Cariri da Paraíba, em clima de festa.
 Várias lideranças políticas de Santa Cruz do Capibaribe/PE se deslocaram até o Estado vizinho para prestigiar o evento.
 Os vereadores santa-cruzenses Joab do Oscarzão (PSD), Carlinhos da Cohab (PTB), Helinho Aragão (PTB), Augusto Maia (PTN), Marlos (PTN), Capilé (PTN), Deomedes Brito (PT) e Ernesto Maia (PT) estiveram prestigiando a inauguração popular da chegada das águas do São Francisco no Estado da Paraíba.
 Ao som de gritos de “Volta, Lula” e “Fora, Temer” cerca de 110 mil pessoas acompanharam a visita, de acordo com dados do movimento.
 Ao lado da também ex-presidente Dilma Rousseff, dos senadores Lindbergh Farias, Gleisi Hoffmann, Humberto Costa e dos governadores Ricardo Coutinho (PB), Rui Costa (BA), do ex-governador Jarques Wagner (BA) e do ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, além de deputados, prefeitos e autoridades, os petistas participaram do ato público para comemorar a inauguração das obras do Eixo Leste da Transposição do Rio São Francisco.
 O ex-deputado federal José Augusto Maia, do PTN, esteve no palanque principal do evento, onde representando a região do Polo de Confecções deixou seus abraços e agradecimentos ao ex-presidente Lula.
 No palco, montado na praça da cidade, Lula e Dilma fizeram um discurso crítico sobre a visita do presidente Michel Temer ao estado para a inauguração da etapa do Eixo Leste da integração do Velho Chico. Os dois ainda falaram sobre a eleição presidencial do ano que vem.
 “Eu sou um homem que não tem ressentimento. Quando a gente chega aos 70 anos não temos como mais guardar ódio. Eu quero dizer para todo mundo que eu aprendi a andar de cabeça em pé neste país. Eu nem sei se estarei vivo para ser candidato em 2018, e sei que eles querem que eu não seja candidato. Eles peçam a Deus para eu não ser candidato, porque se eu for é para ganhar e trazer de volta à alegria deste país”, disse Lula à multidão que acompanhava o ato em Monteiro.
 A ex-presidente Dilma Rousseff criticou o presidente Temer ao falar sobre o projeto de transposição das águas do Rio São Francisco.
 “Esse país assistiu a mais uma mentira recentemente. Veja a cara de pau de dizer que uma obra de transposição como esta poderia ser resolvida em seis meses. A cara de pau é a mesma da mentira do meu impeachment. Essa é uma obra que estava praticamente concluída quando eu saí do governo. Estamos vivendo um momento muito difícil no nosso país. O golpe não acabou ainda. Quem nunca levantou um dedo pela transposição agora vem se vangloriar pelo que não fez”, critica Dilma.
 A ex-presidente ainda falou sobre o pleito presidencial de outubro do ano que vem.
 “Nós temos um encontro marcado com a democracia. Em outubro de 2018. Esse encontro será quando nós vamos discutir o destino deste país. Eles sabem que se deixarem a gente conversar e esclarecer ao povo, vamos vencer a eleição. Eles são contra os candidatos populares e o Lula é um desses candidatos”.
A obra - A integração do São Francisco tem como objetivo levar água a cerca de 12 milhões de pessoas que vivem no Sertão de quatro estados – Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. O projeto se estende por 477 km e é dividido nos eixos leste, com 217 km, e Norte, com 260 km.
Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário: