sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

BANDIDOS TENTAM EXPLODIR CORREIOS DO CONGO, MAS POLÍCIA SUSTA AÇÃO

 Uma noite de terror foi vivida pela população da cidade do Congo, no Cariri da Paraíba. De dentro das casas, populares amedrontados ouviram incontáveis tiros e lá fora uma disputa acirrada entre polícia e criminosos.
 Este foi o enredo de uma tentativa de explosão e assalto à agência dos Correios no município do Congo, na madrugada de ontem (quarta-feira). Cerca de 8 a 10 homens chegaram em dois carros, mas a polícia já os esperava escondida em um prédio que fica em frente à agência.
 Os policiais atiraram para o alto sustando a ação criminosa, mas os bandidos assustados revidaram e houve uma intensa troca de tiros. Ao final, um bandido morreu e outros dois ficaram feridos.
 Os demais conseguiram empreender fuga em direção ao município de Caraúbas pelo meio do mato, mas equipes da Polícia Federal, GATE e BOPE estão na tentativa de capturá-los.
 Ainda segundo informações apuradas, a ação foi coordenada pela Polícia Federal que já monitorava há um bom tempo à quadrilha especializada em explosões a bancos e correspondentes bancários.
 Um segundo suspeito de integrar o grupo que tentou atacar uma agência dos Correios na cidade do Congo, no Cariri paraibano, foi preso depois de ser ferido em um confronto com a Polícia Militar. O acusado é Geneci Emídio, de 51 anos, natural de Floresta e era o integrante mais velho do bando.
 O segundo suspeito foi preso ainda pela manhã pela Polícia Militar. O suspeito foi baleado quando tentava fugir da polícia em uma estrada próximo ao Congo. Ele sofreu uma lesão no braço direito e foi socorrido para o Hospital de Sumé, sendo transferido em seguida para Campina Grande.
 Outro homem que fazia parte do grupo já havia sido preso depois de ser ferido, mas morreu no hospital. As polícias Militar e Federal continuam em busca dos outros suspeitos. Uma espingarda calibre 12 foi apreendida.
 “O primeiro suspeito que capturamos foi socorrido, mas morreu no hospital. Esse segundo também foi ferido, mas está sendo medicado. Temos conhecimento de que outros dois suspeitos seguem na fuga, usando um veículo Strada de cor prata. Inclusive, pedimos a população que se virem esse veículo, acione a polícia. O carro está com algumas avarias por causa do confronto entre os suspeitos e policiais”, disse o comandante do 11º Batalhão da PM, coronel Severino Simão.
 Ainda de acordo com o tenente coronel, a Polícia Militar conseguiu visualizar quatro suspeitos na fuga, mas acredita que o grupo tinha o apoio de outras pessoas.
Do: Blog Agreste Notícia Fonte: De Olho no Cariri

Nenhum comentário: