segunda-feira, 14 de novembro de 2016

DIA MUNICIPAL DE COMBATE AO DIABETES TEM SUA 4ª EDIÇÃO NA CAPITAL DA MODA

 Vacinação, aferição de pressão arterial, testes de glicemia, palestras, ginástica laboral, café da manhã, distribuição de brindes, depoimentos, emissão de cartão do SUS e algumas surpresas irão compor a programação da quarta edição do Dia do Azul – Dia Municipal de Combate ao Diabetes na manhã da sexta-feira, 18 de novembro.
 O projeto é resultado do esforço do vereador e primeiro-secretario da Câmara Municipal de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe Ronaldo Pacas (PR), e vai ocorrer no prédio do Poder Legislativo Municipal com o apoio da Secretária Municipal de Saúde.
 Com o objetivo de atender o diabético e o cidadão que busca a informação adequada para evitar a doença, o evento é fruto da Lei Municipal Nº 2.246/2013 e já beneficiou centenas de pessoas. 
 Foram 136 contemplados na primeira edição em 2012, em 2014 foram 200 pessoas atendidas e ano passado o número subiu para 220. A meta é ampliar esse número na edição de 2016.
 As palestras ficarão por conta da psicóloga Karina Barros, da biomédica Patrícia Braga e da nutricionista Carla Costa, que por sinal elaborou um cardápio propício para o evento. Na pauta ainda acontece uma abordagem bem positiva de como se movimentar com o profissional de educação física Anderson Chagas. 
 Para o idealizador do projeto fazer acontecer uma ação desse tipo é algo mais que natural.
 “É minha obrigação enquanto representante do povo buscar a oferta de alternativas de acesso ao serviço público de saúde”, disse Ronaldo que completou abordando o considerável número de serviços que irão ser disponibilizados no local: “em uma manhã apenas o cidadão consegue emitir seus cartão do SUS, vacinar, checar a pressão arterial, conferir a taxa de glicemia, fazer exercícios e ouvir muitas informações úteis”.
 O evento começa às 8h e a Câmara de Vereadores fica localizada na Rua Manoel Rufino de Melo, n°. 100, Centro de Santa Cruz do Capibaribe. 
O AZUL - O Dia Mundial do Diabetes foi criado em 1991 pela OMS (Organização Mundial da Saúde), em resposta às preocupações sobre os crescentes números de diagnósticos no mundo. A data tornou-se oficial pela ONU (Organização das Nações Unidas) a partir de 2007 e a International Diabetes Federation (IDF) lançou, em 2007, a ideia de iluminar de azul monumentos espalhados no mundo todo. Desde então o azul tem simbolizado essa luta. 

Do: Blog Agreste Notícia Fonte: Assessoria

Nenhum comentário: