quarta-feira, 9 de novembro de 2016

ADOLESCENTE ACUSADO DE TRÁFICO DE DROGAS E HOMICÍDIO É APREENDIDO APÓS TROCAR TIROS COM A POLÍCIA CIVIL

 Durante a tarde de ontem (terça-feira) um adolescente de 17 anos de idade, acusado de homicídio e tráfico de drogas, foi apreendido após trocar tiros com a Polícia Civil em Santa Cruz do Capibaribe no Agreste de Pernambuco.
 Segundo as informações, o infrator é responsável por assassinar de forma brutal a pessoa de Márcio Ferreira Gomes, mais conhecido como “Inácio da Água” que tinha 34 anos de idade e foi morto no dia 26 de outubro por meio de disparos de arma de fogo e pedradas. Clique AQUI e relembre.

 “Desde o início das investigações, nós tínhamos a certeza que mais de uma pessoa teria participado desse crime e chegamos aos nomes de alguns menores de idade que traficavam na Região”, informou Marcelo Malhas, um dos policiais que participou da captura do adolescente.
 Ainda de acordo com Marcelo, depois que o Comissário Moacir recebeu denúncias anônimas, o policiamento localizou um barraco na Favela do Papelão aonde os adolescentes que teriam praticado o crime de morte estariam reunidos.
 No momento da abordagem, pelo menos dois elementos conseguiram fugir, enquanto que, o adolescente de 17 anos foi apreendido com uma espingarda cal. 12, um revólver cal. 38 e 22 pedras de crack.
 Indagado sobre o homicídio, o envolvido confessou ter assassinado o “Inácio da Água” juntamente com mais dois menores de idade. Vale destacar, que, no momento que o efetivo chegou ao local, foi recebido a tiros e os estilhaços de um dos disparos atingiu o braço direito de um dos policiais que recebeu atendimento médico na UPA – Unidade de Pronto Atendimento – de Santa Cruz do Capibaribe.
 O homicida justificou que teria matado a vítima por causa de uma dívida de drogas que gerou uma rixa e o “Inácio da Água” que era usuário passou a ameaçar os traficantes.
 A ocorrência foi apresentada na Delegacia de Polícia de Santa Cruz do Capibaribe e o jovem ficou a disposição da justiça.
Ouça a entrevista:
Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário: